Projeto Academia Itinerante da Polícia Civil Capacita Servidores da SSP TO em Dianópolis

Data do post: 08/10/2019 13:05:27 - Visualizações: 352

Secretaria de Segurança Pública-TO Em continuação ao plano de fortalecimento e reestruturação da Polícia Civil do Tocantins, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP – TO), por meio da Escola Superior de Polícia (Espol), realiza ao longo desta semana, no município de Dianópolis, a 5ª edição do projeto “Academia Itinerante”. O objetivo é capacitar policiais civis e demais servidores que atuam nas unidades policiais da região Sudeste do Tocantins.

Iniciada nesta segunda-feira, 7, a 5ª edição beneficia delegados, agentes e escrivães de polícia de Dianópolis e todos os municípios que integram a 8ª Delegacia Regional com aulas teóricas e praticas e com conteúdos de relevante importância para o aprimoramento das atividades policiais desenvolvidas na rotina policial.

A 5ª edição foi aberta com a palestra intitulada: “Normas Aplicadas a Polícia Civil, Plano Estadual de Segurança Pública e Gestão Policial Básica”. Ao longo da semana, os policiais civis e demais servidores terão aulas sobre temas como interceptação telefônica e lavagem de dinheiro, Usos de Tecnologias no Trabalho Policial, Crimes Cibernéticos, Homicídio e Local de Crimes Diversos, bem como Morte Violenta, Investigação de Furtos e Roubos de Veículos Automotores, Atendimento a Vulneráveis, Abordagem Policial – Armamento e Tiro, Noções de Gestão Pública, bem como noções de Operações Aéreas.

A solenidade de abertura do evento ocorreu às 8h desta segunda-feira, no auditório da Vara da Justiça do Trabalho, e contou com as presenças do secretário executivo da Segurança Pública Servilho Silva de Paiva, do Superintendente de Segurança Integrada da SSP, delegado Marcelo de Queiróz Falcão, do diretor da Escola Superior de Polícia Civil, delegado Ronie Augusto Esteves, da Diretora de Polícia do Interior Iolanda de Sousa Pereira, do delegado regional de Polícia Civil e titular da 8ª DRPC, Márcio Duarte Teixeira, bem como demais policiais e servidores.

Para o delegado regional Márcio Duarte, o evento é de extrema importância uma vez que propicia ao policial se capacitar e, desta forma, estar em sintonia com as mais modernas técnicas policiais o que resultará em um melhor desempenho de suas atividades cotidianas. “A academia Itinerante, edição 2019, tem buscado por meio de aulas teóricas e práticas fornecer a maior gama de informações técnicas e policiais para a atuação das equipes policiais nos mais diversos cenários de crimes, tais como; investigações de homicídios, crimes cibernéticos, delitos contra grupos vulneráveis. Trata-se, portanto de importante programa de capacitação continuada que tem contribuído positivamente para uma prestação de um melhor serviço policial em todas as regiões do Tocantins”, ressaltou o delegado.

Secretaria de Segurança Pública-TO Na avaliação do diretor da Espol, Ronie Augusto, o projeto academia itinerante tem alcançado resultados muito satisfatórios no que concerne a capacitação dos policiais civis do Tocantins, haja vista a grande participação dos servidores em todas as etapas já realizadas. “Estamos tendo total apoio tanto da SSP – TO, bem como de todas as Delegacias Regionais de Polícia Civil na organização das edições do projeto academia itinerante, percebemos também que os policiais civis aguardam ansiosos para participarem das oficinas e palestras e isto vem se repetindo também aqui em Dianópolis, onde esperamos alcançar o mesmo sucesso obtido em outras regionais”, frisou o diretor. 

Academia Itinerante

Tem como escopo o aperfeiçoamento intelectual e operacional dos policiais civis, especialmente para atuarem com eficácia e eficiência no desempenho das atribuições de polícia judiciária e de investigação de infrações penais.  A capacitação congrega ainda a Política de Gestão de Pessoas, prevista no Eixo Desenvolvimento humano e organizacional do Plano Estadual de Segurança Pública e Defesa Social – PESSE. O Plano foi lançado em 25 de junho, numa ação conjunta entre o Poder Público, iniciativa privada e comunidade, e suas diretrizes foram definidas para um período de 10 anos.

Os recursos financeiros para a realização do curso são provenientes do Fundo para Modernização da Polícia Civil do Estado do Tocantins – FUMPOL-TO.  Academia Itinerante é realizada na modalidade presencial e/ou à distância, com aulas que serão ministradas na capital e nas cidades sedes das Delegacias Regionais da Polícia Civil.

Cronograma

Estão previstas, ainda, atividades em Gurupi (21/10 a 26/10); Porto Nacional  (04/11 a 09/11); Paraíso do Tocantins (18/11 a 23/11) e Palmas (25/11 a 30/11).



Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO