André do Benoni é Abatido a Tiros em Porto Velho (RO)

Data do post: 17/01/2016 17:51:34 - Visualizações: 20097

Segundo informações da PM de Porto Velho (RO), André havia atropelado um homem e duas crianças que se deslocavam em uma motocicleta na Avenida Rio Madeira e fugido do local do acidente, vindo a confrontar-se com um agente da polícia.

Foto DivulgaçãoA ocorrência aconteceu na manhã deste Domingo (17), na Rua Glauber Rocha, bairro Alphavile em Porto Velho (RO), Estado que faz divisa com a Bolívia, onde André Gomes da Silva de 30 anos, o "André do Benoni", natural de Tocantinópolis (TO), foi morto a tiros durante um intenso tiroteio contra um agente penitenciário. André de acordo com informações da Polícia Militar, estava em fuga, após atropelar uma família, um homem e duas crianças com menos de 11 anos, na avenida Rio Madeira, região Norte de Porto Velho.

André colidiu o veículo Vectra de placas HDB 3839 de Goiânia-GO, violentamente contra as vítimas que estavam em uma motocicleta Honda Biz e fugiu sem prestar socorro. As vitimas foram jogadas arrastadas por mais de 200 metros e ficaram gravemente feridas sendo socorridas para o Hospital João Paulo II. O acusado foi seguido por um agente penitenciário de pré-nome "Antonilson", e um amigo, que avistou o acidente.

Foto Reprodução WhatsappAo ser abordado pelo agente, André desceu do carro e um outro comparsa que estava com ele de nome Eduardo Leão de Miranda, repassou-lhe uma pistola calibre .380 e o agente entrou em luta corporal com André, sendo atingido com um tiro na perna. "Eu caí no chão, minha perna já estava estourada, mais ainda dei dois disparos no susto e ele saiu e foi para detrás do carro, e foi quando a gente começou a trocar tiros, eu dei mais três tiros e a minha pistola falhou, e eu desesperado com a perna torta, e quando eu fui ver meu carregador tinha caído e eu tive de pegar o carregador e recolocar e ele deu mais um disparo, tudo isso eu estava sentado no chão, o tiro dele passou de raspão nas minhas costas, e ele voltou quando eu vi pela janela do carro, foi quando eu disparei na janela e acertei e ele, e ele foi pra outra janela foi quando eu disparei mais dois tiros que foi um na cabeça aí ele caiu". Contou Antonielson pelo Whatsapp.

O irmão da vítima disse, que ele e o irmão estavam em um balneário comemorando o nascimento do filho de André. A arma da vítima, uma pistola 380 foi apreendida. O caso será investigado pela Polícia Civil.

André Gomes da Silva ou "André do Benoni", tinha algumas passagens pela polícia, inclusive havia sido preso por porte ilegal de arma de fogo em 2014 por policiais da 5ª CIPM de Tocantinópolis.

André também é o principal suspeito de ter matado a tiros em Araguaína Rafael da Silva Soares de 24 anos, o "Rafael da Berná", em crime ocorrido no dia 14 de fevereiro de 2015. Na ocasião o tio de Rafael, conhecido pelo pré-nome de "Vando", foi alvejado com dois tiros, sendo um na cabeça mais sobreviveu. (Clique Aqui para ver matéria da época)



Fonte: Roberlan Cokim com Informações da PC de Porto Velho (RO)