Adapec Participa de Reunião em Belo Horizonte Para Debater Possível Criação de Zona de Alta Vigilância Para PSC

Data do post: 02/12/2019 16:00:21 - Visualizações: 202

Adapec Tocantins O presidente da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Alberto Mendes da Rocha representará o Tocantins nesta terça-feira, 3, em Belo Horizonte – MG, na reunião do Fórum Nacional de Executores de Sanidade e Inspeção Agropecuária (Fonesa), onde será discutido a possível formação de uma área de alta vigilância para a Peste Suína Clássica (PSC).

Na pauta da reunião estão temas como: A Plataforma de Gestão Agropecuária (PGA); Apresentação de diagnóstico para possível formação de uma Zona de Alta Vigilância para a PSC; Necessidade dos estados presentes na Zona de Alta Vigilância da PSC; Apresentação de projeto piloto em Alagoas com participação público-privada; Discussão sobre Projeto de Lei do Senado nº 379/2016, que disciplina o repasse de recursos federais aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios para apoio às ações de defesa agropecuária.

Alberto Mendes explicou que a discussão para criação desta zona de alta vigilância para a PSC já vem ocorrendo no Fórum, “porém, foi solicitado aos estados que estão na zona livre da PSC e que possuem áreas limítrofes com a zona não livre, como é o caso do Tocantins, para que fizessem um levantamento da situação atual do Estado, além do preenchimento de um questionário para identificação das necessidades destes estados,” ressaltou Alberto.

PGA

A Plataforma de Gestão Agropecuária (PGA) é uma ferramenta informatizada, de integração de sistemas com a formação de uma Base de Dados Única (BDU) nacional, de utilização pública, contendo as informações que existem nos 27 Órgãos Executores de Sanidade Agropecuária do país e da base de dados corporativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Fonesa

O Fórum representa todos os órgãos estaduais de defesa agropecuária. Seu objetivo é definir as diretrizes da política de sanidade animal e vegetal e promover a permanente articulação entre os órgãos de defesa agropecuária, com vistas ao desenvolvimento harmônico e integrado das ações de sanidade animal, vegetal e inspeção higiênico-sanitária e tecnológica dos produtos de origem animal e vegetal.



Fonte: ADAPEC Tocantins