Homem Acusado de Abusar de Dois Enteados e Uma Filha de 04 Anos é Preso em Tocantinópolis

Data do post: 17/03/2017 12:31:52 - Visualizações: 22092

A prisão se deu após a companheira do acusado procurar a delegacia para denunciar os abusos sofridos por sua filha de 16 anos, um filho de 18 anos e uma criança de apenas 04 anos filha do casal.

Imagem do Site www.tocnoticias.com.brSegundo consta nos autos, o Delegado Regional Dr. Tiago Daniel de Moraes representou pela decretação da Prisão Temporária com Busca e Apreensão Domiciliar, Pessoal de Dourivan Alves de Morais de 46 anos, depois que a sua companheira procurou a Delegacia Especializada da Mulher, Criança e do Adolescente para denunciar o acusado por ter abusado sexualmente de sua filha de 16 anos e o filho mais velho de 18 anos. Enquanto a genitora estava denunciando na DP, o filho mais velho dela ligou informando que Dourivan também poderia ter "Mexido", com a filha do casal, uma criança de apenas 04 anos de idade, pois enquanto ele estava dando banho na menina, notou que a mesma se queixava de dores na região da vagina.

A mãe foi orientada a levar a criança no Hospital, sendo que quando esta foi dar banho na menina notou que a pele na região da vagina da bebê estava avermelhada. Ao perguntar a filha se esta havia machucado ou batido em algum lugar na região afetada, a criança respondeu que: "Papai colocou o dedo e doeu".

Imagem do Site www.tocnoticias.com.brO filho mais velho da companheira de Dourivan, também prestou depoimento na DP, contando que quando ele tinha 09 anos sua mãe foi morar com o acusado, e logo que passaram a residir no mesmo teto, Dourivan começou a abusar-lhe sexualmente, contando que na época não sabia do que se tratava, porém, quando completou entre 10 a 11 anos, passou a não mais aceitar fazer sexo oral com o acusado.

A adolescente de 16 anos foi ouvida na delegacia, e lá, contou que ela foi abusada sexualmente pelo padrasto dos 07 até os 14 anos de idade, e que durante os abusos Dourivam ameaçava matá-la, juntamente com sua mãe e seu irmão mais velho. A jovem relatou ainda que ela e seu irmão contaram tudo para sua genitora, porém, esta não acreditou neles na época. Recentemente a adolescente foi passar uns dias na casa da Avó materna, e lá resolveu relatar os abusos para sua tia. Diante da suspeita de Dourivam também estar abusando da sua irmã pequena mais nova, foi a adolescente que resolveu denunciar os fatos para a polícia. Segundo consta ainda, após a denuncia o acusado passou a ameaçar os irmãos.

Imagem do Site www.tocnoticias.com.brInformado dos fatos, o Ministério Público manifestou-se pela decretação da prisão temporária do acusado pelo prazo de 30 dias, bem como também fosse realizado busca pessoal e domiciliar na casa do mesmo.

Diante de todas as provas testemunhais e conforme foi apurado pelo delegado e sua equipe, o Juiz de Direito Dr. Helder Carvalho Lisboa DEFIRIU o pedido da prisão temporária de Dourivan Alves de Morais, juntamente com o mandado de busca e apreensão pessoal e domiciliar.

Após a entrega do acusado na Casa de Prisão Provisória de Tocantinópolis, onde o mesmo deverá ficar preso provisoriamente pelo prazo de 30 dias até se concluir as investigações, o Delegado Regional Dr. Tiago Daniel de Moraes concedeu nova entrevista falando sobre mais este caso.

Assista a entrevista e o momento da prisão do acusado no vídeo abaixo:



Fonte: Redação do Tocnoticias