Programa Tocantins do Trabalho Decente se Reúne Para Criar Comissão de Investigação de Acidentes do Trabalho Fatais

Data do post: 11/10/2017 18:18:25 - Visualizações: 179

Durante esta terça-feira, 10, a Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setas) representada pela Gerencia do Trabalho Decente do Sistema Nacional de Emprego (Sine), e entidades que participam do Comitê Gestor do Programa Tocantins do Trabalho Decente, reuniram-se para discutir a criação da Comissão de Investigação de Acidentes do Trabalho Fatais no Estado do Tocantins.

Setas-TOO gerente do Trabalho Decente, Oswaldo Saunders que na ocasião representou a gestora da Setas e presidente do Comitê Gestor do Trabalho Decente, Patrícia do Amaral, ressaltou que é importante discutir e alertar as empresas quanto à integridade física do trabalhador.  “Para nós [da Setas], que não temos ação fiscalizadora, apenas ações de prevenção, o principal objetivo é articular ações conjuntas, buscando parcerias para obtermos resultados mais eficazes no que tange ao combate a acidentes de trabalho”.

Já a gerente Estadual de Saúde do Trabalhador, Magna Dias disse que “garantir saúde e segurança no ambiente de trabalho é uma responsabilidade, tanto dos empregadores, quanto dos trabalhadores”. Também neste sentido, o técnico em Segurança do Trabalho do Sine Evandro Souza falou da importância da Criação dessa Comissão, pois a investigação de acidentes fatais vai Setas-TOproporcionar, após a identificação da causa destes, discussões em busca de medidas para evitar acidentes futuros.

Próxima reunião

Para a próxima reunião, cada participante ficou de elaborar uma estratégia para ser discutida. O data está definida para o dia 7 de novembro, às 8h30, na Setas.

Entidades Participantes

Centro de Referência à Saúde do Trabalhador (Cerest); Tribunal Regional do Trabalho (TRT); Secretaria da Educação, Juventude e Esporte (Seduc);Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac); Conselho Estadual de Relações do Trabalho (Coert) e Sindicato dos Trabalhadores Postos de Combustíveis no Estado do Tocantins (Sintraposto).



Fonte: Setas-TO