Defesa Civil de Tocantinópolis Emite Alerta de Enchente do Rio Tocantins

Data do post: 12/02/2018 18:01:11 - Visualizações: 3836

A possibilidade de que altos volumes de chuva atinjam a região nesse final de semana e durante o período de feriado de carnaval, principalmente nas regiões dos reservatórios das hidrelétricas ao longo do Rio Tocantins, mantém as chances de novas enchentes.

Foto: Dirceu LenoFoto: Dirceu LenoDesse modo, em virtude do grande volume de água proveniente das fortes chuvas registradas no Estado e nas cabeceiras do Rio Tocantins, a Coordenação de Defesa Civil Municipal de Tocantinópolis alerta à população ribeirinha da cidade e da região para o risco de enchentes.

A Defesa Civil orienta à população e moradores da área de influência da Usina Hidrelétrica de Estreito, a evitar navegar, tomar banho ou permanecer na área abaixo da hidrelétrica, devido ao aumento da lâmina d’água registrada nas estações de monitoramento.

Foto: Dirceu LenoDe acordo com as informações da UHE de Estreito, será necessária a abertura das comportas visando o controle de vazão, conforme procedimentos operacionais, medida esta que ocasionará a elevação temporária do nível do Rio à jusante da usina. Segundo monitoramento realizado, o nível do Rio durante essa semana chegou próximo aos 5 metros acima do normal.

Foto: Dirceu LenoAo final da tarde desta sexta-feira (9), a UHE Estreito divulgou boletim informativo quanto à vazão da hidrelétrica. Foram registrados 11.993,50 m³/s (metros cúbicos por segundo). Na quarta-feira (8), o volume atingiu 12.460,42 m³/s, nesse sentido, a estimativa é que a vazão permaneça registrando esses percentuais pelos próximos dias.

Precauções

Foto: Dirceu LenoSegundo o coordenador de Defesa Civil de Tocantinópolis, Emilvado Aguiar, a população deve evitar permanecer na área da jusante da hidrelétrica a fim de evitar possíveis acidentes. “Orientamos aos moradores das margens do Rio Tocantins e seus afluentes a ficarem atentos aos alertas das hidrelétricas, uma vez que estas estão liberando uma vazão de água acima da sua cota de alerta que poderá ter interferência nos municípios localizados abaixo das hidrelétricas”, orienta.

Foto: Dirceu Leno



Fonte: Dirceu Leno/Ascom Prefeitura de Tocantinópolis