Próximo de Ser Estadualizado, Hospital Municipal de Tocantinópolis Recebe Visita do Subsecretário de Saúde

Data do post: 16/05/2018 20:45:30 - Visualizações: 840

A estadualização do Hospital Municipal José Sabóia de Tocantinópolis está cada vez mais próxima de ser concretizada. Na manhã desta quarta-feira (16), o subsecretário de estado da Saúde, Luiz Edgar Tollini, acompanhado do prefeito Paulo Gomes e, do secretário municipal de Saúde, Jair Aguiar, vistoriou as dependências do referido hospital.

Dirceu LenoDr Edgar, na oportunidade, conheceu também a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e teceu elogios acerca de sua estrutura e funcionamento.

A visita teve como objetivo avaliar e discutir alternativas para o processo de estadualização e regionalização do Hospital Municipal José Sabóia. A solicitação para que o estado assuma o comando do hospital foi feita por intermédio do prefeito Paulo Gomes e dos deputados estaduais José Bonifácio e Toinho Andrade, onde na oportunidade elencaram ao governador interino, Mauro Carlesse, a necessidade e urgência para os tramites serem outorgados.

O subsecretário, Luiz Edgar ressaltou que ficou maravilhado em ver que o município possui em sua composição de saúde, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de porte I, com uma estrutura bastante confiável, além de uma Unidade Básica de Saúde interligada ao hospital municipal, funcionando com as devidas obrigações de usabilidade.

Dirceu Leno“Realmente o hospital precisa da reforma que já está alocado o recurso. O município tem que entregar essa reforma, e aí sim discutir com o governo se vai regionalizar ou não. O prefeito já esteve com o governador Mauro Carlesse e foi importante a reunião, onde eu estava presente também. Mas o mais importante é vir conhecer as estruturas, saber o que o município pode ofertar e como o estado pode contribuir”, disse Edgar Tollini, que estava acompanhado da senhora Elaine Negre (superintendente de Unidades Próprias).

Tollini comentou ainda que os pacientes do município de Tocantinópolis e das demais cidades da região, estão sendo bem atendidos pela Saúde Municipal. “Estamos vendo os pacientes sendo bem assistidos, bem como o profissional médico dentro da casa, porque uma situação muito ruim é que muitas das vezes o profissional não está comprometido com o trabalho e, a população é quem sofre. Outro detalhe e um fator muito importante: eu vi poucas crianças internadas, isso é uma ótima referência, porque a atenção básica está funcionando, o programa saúde da família com certeza está assistindo bem essa primeira infância. Então, o município e administração municipal estão de parabéns. Acho que essa estrutura depois de reformada, o município de Tocantinópolis vai dar um grande salto na saúde pública”, ressaltou o subsecretário.

A estadualização do hospital municipal de Tocantinópolis, é mais um dos compromissos do prefeito Paulo Gomes, que juntamente com o deputado estadual José Bonifácio, estão intermediando para que este benefício seja real para a população tocantinopolina e demais cidades circunvizinhas. De acordo com o prefeito, após as reuniões e visitas técnicas, a estadualização do Hospital Municipal José Sabóia está próxima de ser concretizada.

Dirceu Leno“Através das reuniões feitas com o governador Mauro Carlesse e os deputados estaduais José Bonifácio e Toinho Andrade, estamos cada vez mais próximos de tonar esse sonho em realidade. Depois de fazermos a devida reforma na estrutura do hospital, as chances para a estadualização serão praticamente que quase 100%, isso foi o que deixou claro o subsecretário de saúde, durante sua visita. Esse será um marco na saúde pública de Tocantinópolis, e um dos melhores presentes que a cidade já teve durante esses duzentos anos de história. Acredito que estamos no caminho certo e com a perspectiva de fazermos de excelência e humanizada”, disse o prefeito Paulo Gomes.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Jair Aguiar, a regionalização do Hospital Municipal José Saboia, trará inúmeros benefícios, dentre eles: ‘o desafogamento’ dos Hospitais Regionais de Araguaína e Augustinópolis, que atualmente estão sobrecarregados; melhoria e ampliação dos atendimentos, sobretudo, no âmbito das internações e cirurgias, para a população de Tocantinópolis e cidades circunvizinhas, que não mais terão que se deslocar até Araguaína e ou Augustinópolis. Haverá ainda, avanços econômicos para a cidade de Tocantinópolis, com o surgimento de mais empregos diretos e indiretos no referido Hospital. Portanto, esta regionalização pode ser um marco histórico e um presente para a nossa cidade às vésperas de seu aniversário”, destacou.



Fonte: Dirceu Leno/ Ascom Prefeitura Tocantinópolis