Obra do Novo Prédio do Naturatins é Tema de Reunião Técnica no Órgão

Data do post: 13/09/2018 14:52:48 - Visualizações: 101

Com o objetivo de alinhar os procedimentos da obra do prédio onde funcionará o Licenciamento Ambiental do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), com as Agendas Verde, Azul e Marrom, aconteceu na manhã desta quinta-feira, 13, reunião com os técnicos responsáveis pela construção do novo prédio.

Naturatins-TOApós encontro ocorrido no órgão ambiental, o presidente do Naturatins, Marcelo Falcão, juntamente com a equipe técnica, visitou a obra que está localizada em frente à sede da instituição e está em fase de acabamento.

Na opinião de Marcelo Falcão, a reunião foi bem produtiva e teve como finalidade alinhar com os setores técnicos do Naturatins, representante da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seinf) e o responsável pela construção da obra, os procedimentos para a finalização do prédio, para a entrega da obra no prazo estabelecido.

“Esse prédio é de fundamental importância para o Naturatins e para a sociedade. Consideramos que obra está dentro do cronograma, que será cumprido. Acreditamos que em breve a sociedade poderá contar com o fortalecimento do órgão, de maneira a viabilizar melhor o atendimento as demandas ambientais do Estado”, concluiu.

A chefe da Assessoria Técnica e de Planejamento (Astep), Larissa Cintra, reforça o objetivo da reunião de ajustar os procedimentos de forma a não haver atrasos na entrega da obra, prevista para o dia 31/12. “O projeto do Pdris se encerra no fim do ano e por esse motivo temos que estar todos integrados para não ocorrer atrasos e a obra ser entregue em tempo hábil”, relatou.

Além do empreiteiro da obra, compareceu a visita ao novo prédio, o diretor de Administração Financeira, Ivaci Rodrigues, a diretora de Licenciamento Ambiental, Caroline Bueto, além da equipe técnica da Astep.

A construção do prédio será possível devido ao empréstimo assinado entre o Banco Internacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento (Bird), também conhecido como Banco Mundial, e o Governo do Estado, para o financiamento do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (Pdris).

O novo prédio terá 719,87 m² de área construída e foi orçado em R$ 1.959.664,07 (Um milhão novecentos e cinquenta e nove mil seiscentos e sessenta e quatro reais e sete centavos). A empresa vencedora da licitação foi a Talismã Construtora e Incorporadora Ltda.



Fonte: Naturatins-TO