Presos Acusados de Explodir Agência do Banco do Brasil de São Luiz Gonzaga (MA)

Data do post: 14/09/2018 10:53:11 - Visualizações: 591

Operação deflagrada pela Polícia Civil, através da Superintendência Estadual de Investigações Criminais-SEIC, prendeu parte do grupo criminoso acusado de ser responsável pela tentativa de roubo à agência do Banco do Brasil de São Luiz Gonzaga, no dia 6 de setembro deste ano.

Foto divulgação: oprogressonetSegundo a delegada Nilmar da Gama, superintendente da SEIC, desde a explosão do banco o Departamento de Combate a Roubos em Instituições Financeiras (DCRIF) estava colhendo dados que levassem à identificação dos acusados.

Durante as investigações, foi identificada parte dos autores do crime, o que motivou a representação e obtenção de decisão judicial favorável à prisão temporária.

Foram presos na terça-feira Valdivino Vieira, Aline Moreira Lima, Marbyo Alves Da Costa, Jacinto De Souza Silva, Bruno Milhomens, Joaquim Henrique Silva Neto e Itamar de Souza Salles. Na tarde de ontem, foi preso Sucarlos da Costa Silva, dono da chácara localizada próximo à cidade de Presidente Dutra, que é acusado de dar suporte logístico ao grupo criminoso.

A Polícia Civil também apreendeu quatro veículos usados no ataque ao banco e na fuga dos criminosos. Um Fiat Strada que se encontrava com Marbyo Alves da Costa, um Toyota modelo Corolla e um Jeep Renegade. Em um dos locais apontados como refúgio foi apreendida uma espingarda calibre 20, munições calibre 20 e 38. Já no interior de um dos automóveis foram encontradas munições calibre 380.

A polícia informou ainda que equipes continuam fazendo diligências com o objetivo de prender os demais envolvidos no assalto a banco e apreender o armamento usado. Faltam ainda ser presos, quatro bandidos, do grupo de 12 que praticou a ação criminosa.

Quando da ação do bando em São Luiz Gonzaga, uma viatura da Polícia Militar, estacionada em frente ao quartel do DPM da cidade, foi crivada de balas. As paredes da DPM, também foi atingida com vários tiros e o bando espalhou miguelitos durante a fuga para impedir a perseguição policial.



Fonte: oprogressonet