Famílias São Desalojadas Por Alagamento e Defesa Civil Estadual é Chamada em Aparecida do Rio Negro

Data do post: 29/03/2020 21:48:30 - Visualizações: 579

Corpo de Bombeiros Militar-TOPelo menos 28 famílias foram atingidas pelas águas do Rio Negro nesta sexta, 27.

As chuvas desta sexta-feira, 27, causaram a elevação do nível do Rio Negro, chegando a diversas residências no município de Aparecida do Rio Negro. A Defesa Civil Estadual tão logo tomou conhecimento do ocorrido deslocou uma equipe técnica para fazer uma avaliação dos danos causados e dar o apoio técnico necessário ao Município e às famílias atingidos.

Segundo o Superintendente da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, tenente-coronel Geraldo da Conceição Primo, o alagamento ocorreu pela manhã, por volta de 9h. “segundo informações colhidas pela equipe dos próprios moradores em outros anos esses alagamentos já haviam ocorrido, mas o detalhe é que, da mesma forma como a água sobe rápido, ela desce rápido também”, relatou o tenente-coronel.

Ao todo, segundo o tenente-coronel, foram 25 casas atingidas, sendo que uma delas caiu. A moradia era feita de adobo, um tipo de construção mais simples, de barro cru, e que não suportou a infiltração de água em grande quantidade (enxarcamento). Mas ninguém se feriu.

Corpo de Bombeiros Militar-TO“A nossa equipe esteve no local fez as orientações necessárias ao executivo municipal e as pessoas atingidas pelas águas”, completou Primo.

Uma serralheria também foi atingida pelas cheias do Rio Negro. Além de dois mercados, totalizando 28 imóveis atingidos.

Segundo o tenente-coronel Primo, alguns danos só serão possível ser detectados após a baixa total das águas e a limpeza dos locais. As famílias prejudicadas serão cadastradas.

“Todas as famílias já retornaram para suas casas, exceto os três moradores que ocupavam a casa que caiu. Esses se encontram em casa de parentes”, conta Primo.

A equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social de Aparecida do Rio Negro está fazendo o cadastramento das famílias dos 28 imóveis atingidos.



Fonte: Corpo de Bombeiros Militar-TO