Polícia Militar Captura Adolescente Por Roubo, Recupera Celulares Roubados e Outros Produtos de Origem Duvidosa

Data do post: 04/12/2018 14:45:48 - Visualizações: 393

Ele e outro rapaz estavam em atitudes suspeitas em uma moto Honda Biz, cor vermelha, e ao avistarem a viatura da Polícia Militar, empreenderam fuga. Os Policiais Militares os seguiram, sendo que o condutor da motocicleta desequilibrou-se, o garupa pulou, tentou fuga à pé levando consigo os produtos roubados e de origem duvidosa, este foi capturado.

Ascom 2° BPMSuas vítimas reconheceram seus pertences recuperados e o adolescente foi autuado pelo ato infracional análogo a roubo.

O fato aconteceu às 20h30 desta segunda-feira, 03, no Setor Urbano, em Araguaína/TO, onde uma Equipe da Força Tática da Polícia Militar realizava patrulhamento e notaram dois homens em atitudes bastante suspeitas trafegando em uma moto Honda Biz, cor vermelha, os quais ao perceberem a viatura, aumentaram a velocidade e empreenderam fuga.

Os Policiais Militares realizaram o acompanhamento para a devida abordagem, sendo que ao chegarem na Rua Santa Terezinha, Setor Santa Terezinha, o condutor da motocicleta desequilibrou-se, porém não caiu e o garupa pulou vindo a cair ao solo, mas tentou fuga à pé levando uma mochila contendo produtos roubados e de origem duvidosa. A Polícia Militar conseguiu interceptá-lo e capturá-lo.

Na abordagem, foi constatado que se tratava de um adolescente de 17 anos. Com ele, foi apreendida a mochila contendo 05 aparelhos celulares, 01 par de tênis, 01 camiseta branca e R$ 65,00 em dinheiro. Os Policiais Militares contactaram algumas pessoas vítimas de roubo, as quais reconheceram seus pertences recuperados.

A Polícia Militar deu voz de apreensão para o adolescente e o conduziu juntamente com os produtos apreendidos e recuperados para a DP de Plantão onde foi autuado pelo ato infracional análogo a roubo. O condutor da moto conseguiu evadir-se, mas sua captura é só uma questão de tempo, posto que se tem ciência de que ambos são do Estado do Pará, onde já têm passagens por atos infracionais.



Fonte: Ascom 2° BPM