Polícia Civil do Tocantins Desvenda Roubo Contra o Patrimônio e Prende Um Dos Suspeitos Pelo Crime

Data do post: 13/05/2020 11:46:23 - Visualizações: 713

Secretaria de Segurança Pública-TOIndivíduo preso pela Polícia utilizava tornozeleira eletrônica e possui várias passagens pela Polícia.

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 66ª Delegacia de Miranorte, desvendou nesta terça-feira, 12, um roubo a residência, o qual foi praticado por seis indivíduos no dia 12 de abril de 2020, naquela cidade e efetuou a prisão de um dos envolvido no delito.

De acordo com o delegado Pedro Henrique Félix Bernardes, titular da 66ª DP e responsável pelo caso, no dia do crime, seis homens encapuzados adentraram a residência e, com a utilização de armas de fogo amarraram a família e começaram a revirar todo o imóvel em busca de bens de valor. Além de amarrados e amordaçados, os proprietários do imóvel eram ameaçados o tempo todo para que revelassem as senhas de cartões de crédito.

Após vários minutos de terror, os criminosos se evadiam do local, levando cartões de crédito, mais de R$ 4 mil reais em dinheiro, um televisor de 50 polegadas, alianças e demais joias, aparelhos celulares, bem como subtraíram o veículo, Toyota Corola de propriedade do casal. Após alguns minutos, o filho do casal de 10 anos conseguiu pegar uma faca e cortar as cordas que prendiam seus pais, que então acionaram a Polícia Militar.

Tão logo foi informada sobre o crime, a equipe da 66ª DP deu início às investigações e desvendou a autoria do crime, sendo que o veículo roubado foi recuperado no dia posterior ao fato, abandonado em uma região de mata. Desse modo, o delegado Pedro Henrique representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão de um dos indivíduos, a qual foi deferida e cumprida nesta terça-feira, 12. O homem foi recolhido à Cadeia Pública de Miranorte, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Mesmo com a prisão efetuada hoje, a Polícia Civil continua a investigar o crime de modo a localizar e efetuar as prisões dos demais envolvidos no crime.



Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO