Ação Da Polícia Civil Do Tocantins Resulta Na Prisão No Estado Do Maranhão De Homem Suspeito De Tentativa De Homicídio

Data do post: 29/09/2020 16:23:18 - Visualizações: 511

Secretaria de Segurança Pública-TOHomem passou mais de 11 anos foragido, mas foi preso nesta segunda-feira, após ação conjunta das Polícias Civis do Tocantins e do Maranhão.

Após passar mais de 11 anos foragido da Justiça do Estado do Tocantins, um homem de 34 anos de idade, suspeito do crime de tentativa de homicídio, foi encontrado e preso pela Polícia Civil do Tocantins nesta segunda-feira, 28, em São Luís do Maranhão.

Conforme o delegado-chefe da 16ª Delegacia de Polícia Civil de São Miguel do Tocantins, Inaci Antônio Bandeira Júnior, a prisão do indivíduo foi resultado de uma extensa investigação que teve início ainda em 2009 quando o autor residia em São Miguel e tentou matar a golpes de chave de fenda sua, então, companheira com 22 anos a época dos fatos.

“Logo após o crime, o autor foi identificado e teve sua prisão decretada. No entanto, ao saber que era procurado pela Polícia, ele acabou fugindo para o Estado do Maranhão, onde passou por vários municípios até se estabelecer em São Luís, onde trabalhava como vigilante e também atuava como missionário em uma igreja local”, disse o Delegado.

“Após a realização de todo o trabalho investigativo e de descobrirmos o paradeiro do autor, entramos em contrato com a Polícia Civil do Maranhão, repassamos a localização do indivíduo, bem como enviamos cópia do mandado de prisão que existia contra o homem”, destacou a autoridade policial.

Desse modo, após o compartilhamento de informações, os policiais civis do Departamento de Feminicídio de São Luís foram até o local informado pela Polícia Civil tocantinense, onde fizeram a captura do homem que foi recolhido ao presídio da Capital Maranhense e, em breve, será recambiado para o Tocantins, onde deverá responder pelo crime que lhe é imputado.

O crime

A tentativa de homicídio ocorreu por volta de meia noite e meia do dia 16 de abril de 2009. Conforme investigado, o suspeito, que era namorado da vítima, passou na frente da casa dela e a viu sentada em uma cadeira do lado de fora da casa conversando com uma amiga. Tomado por ciúmes, ele se aproximou e perguntou para a namorada o que ela conversava com sua amiga e teve como resposta que não era nada.

Transtornado com a resposta e tomado por ciúmes, o homem adentrou na residência, onde pegou uma chave de fenda e desferiu ao menos 17 golpes que acertaram o tórax e principalmente a barriga da vítima, que foi socorrida, e teve que se submeter a quatro cirurgias, mas sobreviveu ao ataque.

 



Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO