Candidato Salomão Barros (SD) é Agredido Por Adversários Em Tocantinópolis

Data do post: 08/11/2020 20:00:56 - Visualizações: 2354

Henrique LopesO candidato a prefeitura de Tocantinópolis pelo partido Solidariedade, Salomão Barros foi agredido, no início da noite deste sábado, 07, por lideranças da Coligação “O trabalho vai continuar”, chapa encabeçada pela atual prefeito e candidato à reeleição Paulo Gomes (PSD).

O ato de violência aconteceu durante a organização de uma das reuniões da Coligação “Agora é a vez do Povo, que foi realizada no Setor Alto da Boa Vista II.

De acordo com relatos das testemunhas, o candidato Salomão Barros estava na concentração da reunião, quando parte da carreata do grupo liderado por Paulo Gomes passou pelo local, momento em que  apoiadores, identificados como Pastor Leno Dias e Pastora Joana Paula Dias, vizinhos do candidato a reeleição, aproximaram o veículo do candidato, momento em que agrediram com uso de uma bandeira, causando um sangramento na testa, próximo ao olho esquerdo.

Após a agressão, Salomão Barros foi socorrido por líderes que estavam presentes no local e conduzido à Delegacia de Polícia Civil para registro de ocorrência e realização de exame de corpo de delito. O candidato a prefeito ainda foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento do município, onde recebeu um curativo no ferimento causado pela agressão e foi submetido a um período de observação, para controle da pressão arterial.

Reunião

Mesmo ferido, Salomão Barros participou da reunião, que também fazia parte da celebração do seu aniversário de 58 anos. Durante o seu discurso, o candidato abordou sobre o ato de agressão sofrido, mas destacou que o momento era de apresentar as propostas para o povo. “Estamos fazendo uma campanha limpa mostrando sempre boas propostas para o povo de Tocantinópolis. Eles me agrediram, mas mesmo assim estou aqui para mostrar as nossas propostas, junto com o meu povo, para que a nossa cidade possa ser libertada”, frisou.

Nota de repúdio

A coligação “Agora é a vez do povo”, vem manifestar repúdio contra toda e qualquer forma de violência realizada durante atos políticos, em especial contra a agressão intencional, realizada por apoiadores da coligação “O trabalho vai continuar”, contra o candidato a prefeito Salomão Barros, ocorrida neste sábado, 07 de novembro.

Desta forma, a coligação “Agora é a vez do povo” se solidariza e vem manifestar integral apoio ao candidato Salomão Barros, solicitando desde já que as autoridades responsáveis realizem a apuração dos fatos, visando à responsabilização nas esferas civil, penal e eleitoral dos responsáveis pela agressão.

 



Fonte: Henrique Lopes