TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Presidente da Adapec é Convocado Para Prestar Esclarecimentos Sobre Uso de Agrotóxicos

Data do post: 08/10/2019 18:47:41 - Visualizações: (456) Imprimir

Assembleia Legislativa do Tocantins Os parlamentares aprovaram na sessão desta terça-feira, dia 8, requerimento do deputado Zé Roberto (PT) que convoca o presidente da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Alberto Mendes da Rocha, a prestar esclarecimentos sobre o uso de agrotóxicos no Tocantins. A convocação está agendada para o dia 23 de outubro.

Aprovados ainda, em regime de urgência, requerimentos da deputada Claudia Lelis (PV) que pedem à Secretaria de Saúde a implantação de programa de combate ao câncer de mama durante o mês de outubro, e à Secretaria de Meio Ambiente a criação de rubrica para recebimento de aportes financeiros destinados à proteção dos animais.

Delegado Rérisson (DC), por sua vez, pediu à Secretaria de Agricultura a viabilização de projeto de tanques-rede para o cultivo de tilápias no lado de Babaçulândia. A imediata apuração de denúncias sobre o lançamento de esgoto no rio Lontra é o teor de outro requerimento apresentado pelo parlamentar.

A implantação de colégios militares em Peixe, Alvorada e Xambioá foi solicitada pela deputada Luana Ribeiro (PSDB). Já Ricardo Ayres (PSB) requereu à Secretaria da Fazenda informações sobre a portaria que suspendeu isenções fiscais aos frigoríficos do Estado.

Em outros três requerimentos, a deputada Valderez Castelo Branco (PP) pediu à Secretaria de Infraestrutura a construção de pontes e a recuperação das rodovias TO-010, no trecho que liga Filadélfia ao PA Retiro; TO-424, na área que liga a rodovia TO-222 a Babaçulândia; e operação tapa-buracos na TO-222, perto de Filadélfia.

Fonte: Assembleia Legislativa do Tocantins

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.