TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

4º Homicídio do Ano: Mulher é Morta a Tiros nas Proximidades da Feira Livre de Tocantinópolis

Data do post: 17/11/2019 12:27:25 - Visualizações: (19445) Imprimir

Foto Divulgação WhatsappCrime aconteceu por volta das 22h28min deste Sábado (16), na Rua Esmeralda, Setor da Feira Livre de Tocantinópolis, nas proximidades de uma suposta boca de fumo.

A vítima chama-se Ilda da Conceição de Sousa de 33 anos, viciada em drogas, Ilda perambulava pelas ruas da cidade pedindo dinheiro e alimentos para saciar seu vício.

Em uma certa ocasião, a pedinte encontrou o repórter do Tocnoticias num supermercado e pediu um pacote de arroz. Imediatamente foi lhe dado, mas, o repórter resolveu seguir Ilda e constatou a veracidade dos comentários que rolavam sobre a mesma, de que tudo que ela conseguia era trocado por drogas. Logo após ganhar um pacote de arroz e feijão, a viciada saiu em disparada até um suposto ponto de vendas de drogas nas proximidades da feira coberta e saiu de lá já sem os produtos que havia ganhado. Pensando no bem estar da população, o repórter passou as informações para a polícia civil que dias mais tarde fez uma batida no local e prendeu o casal que mantinha o ponto de drogas disfarçado de um bar.  

Foto Divulgação WhatsappNo inicio deste ano de 2019, Ilda era frequentemente flagrada com uma criança nos braços, uma filha que ela teve, no qual era usada para pedir ajuda, e saciar seu vício macabro.

Certa vez, mais precisamente no dia 25 de Maio de 2019, a equipe do tocnoticias voltou a encontrar com Ilda à noite na Praça Darcy Marinho com esta criança no colo pedindo. Em uma rápida conversa percebemos que a mãe realmente usava a filha para saciar sua fome por drogas e ajudamos comprando algumas coisas para criança, inclusive velas, que a mãe disse precisar, já que a casa que ela estava morando estava sem energia elétrica. Após o episódio, resolvemos avisar o conselho tutelar repassando o vídeo gravado para uma conselheira que nos informou que já estariam em ação. Na segunda-feira 27 de Maio, através da justiça, o conselho tutelar conseguiu tirar a criança do sofrimento que estava forçada a viver, passando a guarda para um familiar da mãe com melhores condições de cria-la.

Assista no vídeo abaixo:

Após o acontecido, sem sua criança, que usava como troféu de barganha, Ilda foi até o conselho tutelar e ameaçou os conselheiros, porém, depois do acontecido saiu da cidade passando alguns dias no município de Porto Franco (MA), onde a mesma nasceu.

De volta à Tocantinópolis recentemente, a viciada continuava sua vida de peregrinação pelas ruas da cidade pedindo, onde a mesma abordava as pessoas no intuito de conseguir dinheiro, ou comida, principalmente arroz e feijão, sob a alegação de que não tinha nada em casa, porém, como já explicado acima, tudo que ela conseguia era trocado por drogas. 

Foto Divulgação WhatsappConseguimos uma foto do tempo que Ilda ainda não estava tão debilitada por causa do uso das drogas, atualmente, a vítima desse problema social grave que assola o Brasil, e que em Tocantinópolis ninguém combate, estava magérrima que colocaram o apelido dela de "Caniço".

Finalizando mais essa história triste, informo-lhes que Ilda da Conceição de Sousa que tinha 33 anos de idade, foi morta com um tiro na testa, acima do olho direito, na sua mão, havia uma cédula de R$ 10,00 mesmo valor de uma pedra de craque no mercado negro de drogas de Tocantinópolis.  

Fonte: Redação do Tocnoticias

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.