TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Jovem de Arraias é Condenado a Nove Anos e Seis Meses de Reclusão Pelo Crime de Tentativa de Homicídio

Data do post: 03/12/2019 13:33:08 - Visualizações: (285) Imprimir

Ministério Público Estadual O réu Carlos Júnior Rodrigues Silva, de 19 anos, morador da cidade de Arraias, foi condenado, no último dia 26, a nove anos e seis meses de reclusão pela tentativa de homicídio de Taliton Miguel Barbosa Lobo. O crime aconteceu na madrugada de 21 de abril deste ano, em um bar no centro de Arraias, após discussão entre o réu e a vítima. Carlos Júnior desferiu pelo menos um golpe de faca contra o tórax de Taliton Miguel, que veio a receber atendimento médico-hospitalar adequado e se recuperou do ferimento.

O Tribunal do Júri acolheu as teses de acusação sustentadas pelo promotor de Justiça João Neumman Marinho da Nóbrega, reconhecendo a materialidade e autoria do delito, bem como a qualificadora de que o réu agiu de modo a impossibilitar a defesa da vítima, aplicando-lhe um golpe de faca de surpresa.

Os jurados não desclassificaram para o crime de lesão corporal grave, sustentado pela defesa, sendo reconhecido que Carlos Júnior Rodrigues Silva agiu com intenção de matar. Inclusive, ele somente não desferiu mais golpes de faca contra a vítima porque teria sido impedido por terceiros, segundo testemunhos.

Após o veredicto do Tribunal do Júri, o juiz Márcio Ricardo Ferreira Machado determinou pena-base de 15 anos de reclusão, que foi reduzida em razão do homicídio não ter sido consumado e do réu possuir menos de 21 anos de idade na data do crime.

Carlos Júnior Rodrigues Silva cumprirá a pena inicialmente em regime fechado. Ele teve sua prisão cautelar mantida na sentença, devendo permanecer recolhido na cadeia pública de Arraias até o trânsito em julgado da ação penal. Ainda cabe recurso da sentença.

Fonte: Ministério Público Estadual

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.