TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Irmãos Suspeitos de Estupro de Vulnerável São Presos Pela Polícia Civil

Data do post: 17/06/2019 14:10:00 - Visualizações: (1104) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TOHomens ofereciam pequenos presentes e abusaram da vítima, portadora de síndrome de down, por inúmeras vezes, desde 2018.

Na manhã desta sexta-feira (14), policiais civis da Delegacia de Itacajá, coordenados pela delegada Jeannie Daier, deram cumprimento a mandados de prisões preventivas de dois irmãos suspeito de estupro de vulnerável em Itacajá.

De acordo com a delegada, os crimes ocorreram em 2018, e vitimaram uma menina de dez anos de idade, portadora de síndrome de down. Ao ser ouvida pela autoridade policial, a vítima relatou que, em 06 de agosto de 2018, estava brincando com suas amigas no quintal da casa de uma vizinha, quando D.R.S. se aproximou e, aproveitando-se do momento, a puxou para trás da casa e tirou sua roupa.

O homem introduziu o dedo nas partes íntimas da vítima e também a tocou nos seios, tendo sido surpreendido por outra criança de 9 anos de idade. Diante do ocorrido, foi registrada denúncia anônima levada ao conhecimento da autoridade policial local através do Conselho Tutelar, que instaurou inquérito policial e iniciou as investigações. A menina foi submetida a exames, os quais constataram que ela já havia sido vítima de outros abusos sexuais, cometidos por J.R.S., irmão de D.R.S.

Ainda conforme apontaram as investigações da Polícia Civil, o autor J.R.S. oferecia balas, bombons, pipocas e atraia a menina com bonecas para o interior de sua residência e lá cometia abusos sexuais. Após a conclusão da investigação, os dois foram indiciados pelos crimes de estupro de vulnerável e ameaça. Em seguida, a delegada Jeanie Daier representou, junto ao Poder Judiciário, pelas prisões preventivas dos irmãos, as quais foram cumpridas nesta manhã (14), no povoado Cantinho, zona rural de Itacajá.

A Delegada Jeannie ressalta que, diante de inúmeros casos de estupro de vulnerável na região da Comarca de Itacajá, determinou prioridade absoluta no combate a tais crimes  naquele município, bem como em Centenário, Itapiratins e Recursolândia. Denúncias podem ser feitas através dos números (63) 3439-1751 e (63) 99284-4232. A Polícia Civil garante o sigilo absoluto e a preservação da identidade dos denunciantes.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.