TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Operação Epicentro: Polícia Civil Indicia 14 Pessoas Por Tráfico de Drogas

Data do post: 06/12/2019 17:54:07 - Visualizações: (702) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TO Em Araguaína, a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR) e a 2ª Divisão de Repressão a Narcóticos (DENARC), conclui nesta sexta-feira, 6, as investigações da operação “Epicentro”, que por seis investigou o tráfico ilícito de drogas na região conhecida como “feirinha”,  em Araguaína.

De acordo com o delegado Breno Alves Campos, foram utilizadas modernas técnicas de análise criminal e de ações controladas, desenvolvida pela DRR e pela DENARC, para confirmar as suspeitas de que diversos itens roubados estavam sendo trocados por drogas na região investigada.

O delegado ressalta o fato de a Feirinha ser conhecida há anos como sendo um dos maiores pontos de venda de crack do Estado do Tocantin, sendo denominada de “Cracolândia do Tocantins”, o que gera diversos efeitos para a comunidade de Araguaína.

No mapeamento efetuado pela Polícia foi  identificado os diversos traficantes e seus comparsas. Eram eles que recebiam os produtos roubados em troca de drogas, o que resultou no indiciamento de 14 (quatorze) pessoas por tráfico ilícito de drogas e associação para o tráfico. Dos 14 indivíduos indiciados, 11 já foram presos, sendo três mulheres que encaminhadas a Unidade Prisional Feminina de Babaçulândia e oito homens que foram recolhidos à Casa de Prisão provisória de Arguaína (CPPA).

O Delegado de Polícia Breno Alves avaliou a ação como muito proveitosa, uma vez que os objetivos inicialmente propostos foram alcançados. “A Polícia Civil continuará a cumprir o seu papel de perpetuar a repressão qualificada e retirar cirurgicamente criminosos contumazes de circulação”, disse o delegado.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.