TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Naturatins Concede Licenças Ambientais às Praias do Estado

Data do post: 04/07/2019 23:06:05 - Visualizações: (298) Imprimir

Naturatins-TOO Naturatins (Instituto Natureza do Tocantins) licenciou até esta quinta-feira, 4, 57 praias de norte a sul do Estado entre municipais e particulares. O licenciamento ambiental é obrigatório nessa temporada de veraneio quando inúmeras cidades  recebem milhares de turistas para desfrutarem das belezas dos rios tocantinenses.

A maioria dos licenciamentos foi feita pelo sistema on-line através do Programa Simplifica Verde, uma plataforma do Naturatins que dá mais agilidade e facilita  a vida do empreendedor. Antes os processos levavam até 30 dias entre análise e liberação da Autorização Ambiental.

Não existe um prazo limite para dar entrada no processo de licenciamento da praias para a Temporada 2019, mas as licenças concedidas pelo Naturatins têm validade até o dia 30 de setembro. Vale lembrar que cada praia determina sua temporada.

Em Miracema, a 80 km de Palmas, às margens do Rio Tocantins foram concedidas duas licenças ambientais. Uma delas para a Praia do Paredão, apenas para preservação, sem exploração comercial, ou seja, os banhistas só podem apreciar a beleza do lugar. No local não tem barracas de alimentação e bebidas e nem vai ser usado para shows de bandas musicais.

Já a Praia Mirassol, localizada em frente à cidade de Miracema, a licença contempla as barracas comerciais, shows e atividades esportivas.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Turismo, Genes  Francelino  de Alencar, foi uma forma de garantir a diversão do público preservando o meio ambiente. O secretário elogiou, o Sistema Simplifica Verde, que acelerou o processo de licenciamento. “Ganhamos muito tempo com este novo procedimento, que nos favoreceu a dar andamento a outras necessidades para montar a estrutura da praia”, concluiu.

Quem também destacou o Programa Simplifica Verde foi a secretária de Meio Ambiente do município de Peixe, Maria Luiza Moreira Lima.  Para ela, o sistema on- line foi essencial para dar agilidade na montagem da praia que é a maior do Estado  com 2  km de estrutura. Ainda de acordo com a secretária, é importante obedecer todos os critérios ambientais, principalmente porque na região da praia tem um berçário natural das tartarugas - Quelônios da Amazônia.

Para a gerente de Análise e Licenciamento Ambiental do Naturatins, Waléria Figueiredo, a inserção de autorização de praias pelo Simplifica Verde é um grande ganho para o órgão e para o público porque dá celeridade aos processos, que agora é on-line. “O empreendedor leva os documentos ao Naturatins, faz o cadastro, pega o requerimento e com o número do requerimento já gera a autorização ambiental”, ressaltou.

A gerente destacou também que na Licença Ambiental vem algumas recomendações  e observações que o empreendedor precisa cumprir para que ele possa garantir  a autorização de exploração da praia. “Com este novo sistema, os fiscais agora fazem as vistorias nas praias para saber se os empreendedores estão realmente cumprindo o que realmente determina as licenças ambientais. Antes estas análises eram feitas nos escritórios", concluiu.

Fonte: Naturatins-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.