TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Além de Informações Detalhadas no Site, TJTO Disponibiliza Mais Dois Canais Para Tirar Dúvidas Sobre Tramitação de Precatórios

Data do post: 26/03/2020 18:49:44 - Visualizações: (101) Imprimir

Tribunal de Justiça-TOLista unificada e planos de pagamentos são algumas das informações sobre Precatórios que estão disponíveis ao público em geral  no site do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) - http://www.tjto.jus.br/. Mas em virtude da pandemia do Covid-19 e as consequentes medidas tomadas pela Presidência, entre as quais a de instituir o teletrabalho no âmbito do Judiciário até o próximo dia 30 de abril, a Coordenadoria de Precatórios disponibilizou o telefone (63) 3218-4486 e o e-mail precatorios@tjto.jus.br pelos quais os jurisdicionados poderão obter informações e tirar dúvidas acerca não só de precatórios, mas também das  Requisições de Pequeno Valor (RPV).

Entrentanto, o jurisdicionado poderá consultar no site a lista das entidades devedoras, a tabela de juros de mora, parcelas mensais dos devedores, entender melhor como funciona o regime de pagamento (geral e especial), ter acesso ao Manual de Precatórios e à legislação do RPV, entre outras informações. Tudo pelo link http://www.tjto.jus.br/index.php/lista-unificada-de-precatorios-do-tjto-trt10-trf1.

Números

Entre janeiro a fevereiro de 2020, o TJTO expediu 293 alvarás para pagamento de precatórios. Já o valor total dos 2.333 precatórios que tramitavam até fevereiro é cerca de R$ 558,8 milhões Os precatório distribuídos e validados até em 1/7/2020 terão que ser incluído no orçamento  de 2021  e pagos pelas entidades devedoras que estão no regime geral até 31/12/2021. 

Fonte: Marcelo Santos Cardoso - Comunicação TJTO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.