TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Bombeiros Militares Cortam Carro Para Retirar Vítima das Ferragens, em Colinas

Data do post: 10/07/2019 22:38:50 - Visualizações: (294) Imprimir

Corpo de Bombeiros Militar-TOBombeiros militares precisaram cortar um carro para retirar a vítima que ficou presa entre as ferragens, após batida lateral com outro veículo na Rodovia TO – 335, conhecida como Transcolinas, sentido Bernardo Sayão, região central do estado. A ação foi na manhã desta quarta-feira, 10, e mais três pessoas também foram atendidas e encaminhadas para o Hospital Municipal da cidade.

Segundo os bombeiros militares que integram a 2ª Companhia, do 2º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Colinas, os dois carros, um gol e um corsa classic, trafegavam no mesmo sentido quando houve o abalroamento lateral. Um deles teria feito um retorno para entrar numa estrada de chão e acabou sendo atingido.

Os bombeiros militares relatam que Natalino de Jesus Sousa, de 42 anos, estava consciente durante e após ser levando para o hospital. A vítima ocupava um gol bola e teve fratura nas duas pernas e algumas escoriações na face. A suspeita é de que ele tenha fraturado também a coluna cervical.

Corpo de Bombeiros Militar-TOO atendimento às vítimas durou cerca de duas horas e todas foram encaminhadas ao Hospital Municipal de Colinas. Entre elas, uma idosa de 74 anos, Joana Soares de Oliveira, que teve ferimento na testa, escoriações nas pernas e braços, além de apresentar dores na região torácica.

Outra vítima era Wasington Rosa da Silva, de 33 anos. O Corpo de Bombeiros Militar relata que o rapaz estava com fortes dores na região torácica, temperatura baixa, náuseas e suspeita de hemorragia interna. Com ele estava o filho, Matheus de Sousa, 10 anos, que se queixava de dores na perna direita. Wasington foi o primeiro a ser levado para o hospital, com suspeita de hemorragia interna.

Fonte: Corpo de Bombeiros Militar

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.