TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Regional de Araguaína Recebe Doação de Kits de Máscaras

Data do post: 24/04/2020 01:02:51  Imprimir

Sindepol-TOEm parceria com o Sindepol/TO, Sindicato Rural de Araguaína, ACIARA e OAB Araguaína, Polícia Civil da região norte do estado recebe 300 máscaras.

Para atender Decreto Municipal que determinou a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais públicos de Araguaína, o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado do Tocantins (Sindepol/TO), OAB Araguaína, Sindicato Rural de Araguaína e ACIARA, a Delegacia Regional, conseguiu 150 kits de máscaras de algodão que serão utilizadas na realização dos trabalhos corriqueiros da Polícia Civil. Entregues na regional na manhã desta quinta-feira, 23, cada kit é composto por duas máscaras.

O texto do decreto que passou a valer no dia 17 estabelece que apenas as residências e locais onde somente uma pessoa utilize ou trabalhe não sejam considerados ambientes públicos. A Delegada e Presidente do Sindepol/TO, Sarah Lilian, agradece pelas doações e reforça a importância do ato. “Nós estamos todos os dias trabalhando em prol da segurança pública, porque os crimes não deixaram de acontecer, mas também precisamos estar protegidos contra o coranavírus. Muito obrigada a todos os envolvidos nessa ação, somos muito gratos”, agradece Sarah.

A recomendação de uso de máscaras para toda a população foi feita pelo Ministério da Saúde. Os itens podem ser feitos de tecido, desde que sejam 100% de algodão e com duas camadas. A multa para quem for flagrado sem o item será de R$ 50, sendo R$ 100 por reincidência. Se a pessoa for encontrada sem máscara em local público pela terceira vez, poderá responder por crime contra ordem e saúde pública.

Fonte: Sindepol-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.