TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Polícia Civil Prende Suspeito de Praticar Homicídio

Data do post: 28/04/2020 17:12:57 - Visualizações: (610) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TOSegundo apontaram as investigações da Polícia Civil, crime foi praticado sem qualquer tipo de motivação. Vítima e autor sequer se conheciam.

Policiais Civis da 1ª Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (1ª DHPP), de Palmas, efetuaram na manhã desta terça-feira, 28, em Marianópolis, a prisão de um indivíduo de 23 anos de idade. Ele é suspeito de praticar um crime de homicídio contra um homem de 32 anos, em Palmas, no mês de março deste ano, na Capital. O investigado foi capturado mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal de Palmas.

Segundo apontaram as investigações da DHPP, no dia 6 de março de 2020, o suposto autor e a vítima, identificada como E.M.D, estavam em uma distribuidora de bebidas, localizado na Quadra 503 Norte, em Palmas, quando em determinado momento, sem qualquer motivo aparente, o autor desferiu vários golpes de faca contra a vítima que, mesmo socorrida, veio a óbito.

A investigação da Polícia Civil também demonstrou que a vítima e o autor não se conheciam e que não houve motivação para a prática do crime. Após esfaquear E.M.D, o suposto autor fugiu do local em seguida, permanecendo foragido da Capital desde o fato.

No entanto, após intenso trabalho de investigação policial, as equipes da DHPP localizaram o paradeiro do indivíduo que estava escondido em Marianópolis e, desta maneira, os policiais civis da Divisão Especializada foram até o município do interior do Estado, onde fizeram a prisão do homem. Ele foi trazido para Palmas e recolhido à Casa de Prisão Provisória da Capital.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.