TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Monitoramento da Mosca da Carambola é Intensificado na Divisa do Tocantins Com o Pará

Data do post: 14/05/2020 18:31:33 - Visualizações: (466) Imprimir

ADAPEC-TOO Tocantins possui status de área sem ocorrência da praga.

A Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) está intensificando nos municípios que fazem divisa com o estado do Pará, o monitoramento em armadilhas da praga mosca da carambola (Bactrocera carambolae), que é uma praga quarentenária presente que ataca espécies frutíferas e pode causar grandes prejuízos econômicos.

O monitoramento da praga é feito em todo o Estado, porém, como a praga está presente no estado do Pará, a Adapec tem intensificado os cuidados nesta região de fronteira. “Mesmo em meio a pandemia é estratégico para o Tocantins o monitoramento de pragas que possam afetar o nosso patrimônio fitossanitário, por isso, a Adapec continua atenta para que os produtores tocantinenses continuem produzindo e comercializando frutas com qualidade e sem prejuízos econômicos,” disse o presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha.

Segundo o Responsável Técnico pelo Programa Estadual de Fruticultura da Adapec, Helcids de Sá Reis, o Tocantins possui status de área sem ocorrência da praga. “Temos hoje mais de 100 armadilhas espalhada em todas as regiões do Estado, e, conforme o Decreto Federal nº 10.282 de 20/03/2020, que consideram atividades essenciais as ações de prevenção, controle e erradicação das pragas dos vegetais, o monitoramento está sendo realizado entre 14 a 21 dias, onde é feita a substituição do feromônio e troca do piso adesivo nestas armadilhas, e os inspetores verificam se há ou não presença da praga,” explicou Helcids.

De acordo com a Instrução Normativa do Ministério da Agricultura nº 28/2017, o Estado está classificado com nível de alto risco por fazer fronteira com o estado do Pará que possui algumas regiões produtoras com a presença da mosca-da-carambola.

Mosca da carambola

A mosca da carambola é caracterizada como praga quarentenária presente no Brasil, e sua dispersão pode causar grandes prejuízos econômicos. A praga causa danos não apenas na carambola, mas em diversas outras frutas como goiaba, acerola, tangerina, caju, pitanga, entre outras.

Fonte: ADAPEC-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.