TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Polícia Militar Apreende Armas de Fogo Durante Fiscalização na Região Central e Sul do Estado

Data do post: 18/05/2020 15:46:59 - Visualizações: (387) Imprimir

PM-TONeste domingo, 17, policiais militares do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) realizaram ações resultando em apreensões e prisões na região central e sul do Estado do Tocantins. A primeira ocorreu na zona rural do município de Sandolândia, quando patrulhavam pela rodovia TO-181, a Guarnição de Patrulhamento Ambiental (GPA) interceptou e abordou um homem de 44 anos de idade, que transitava numa motocicleta, transportando um objeto semelhante a uma arma longa. Com o sujeito, foram localizados 01 (um) rifle CBC, calibre 22, e 28 munições intactas de mesmo calibre, além de outros acessórios característicos de quem pratica atividade de caça. Ao indagá-lo sobre o registro, o abordado disse que possuía mas não portava a referida documentação. Diante da situação, o autor foi conduzido para a central de flagrantes de Alvorada e os produtos exibidos para o delegado de plantão, sendo lavrado o auto de prisão em flagrante em desfavor do referido cidadão.

Na mesma data, outras Guarnições do BPMA, durante uma barreira policial numa estrada vicinal do município de Pium, abordaram um homem de 44 anos de idade e ao realizarem a vistoria veicular localizaram no interior de uma camionete 01 (um) rifle calibre 22 com 38 munições de mesmo calibre intactas. Questionado sobre o registro o homem afirmou não possuir. Diante da situação, o autor foi conduzido para a central de flagrantes de Paraíso e os objetos exibidos para o delegado de plantão, sendo lavrado o auto de prisão em flagrante.

Fonte: PM-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.