TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Órgãos Discutem em Fase Final, a Regulamentação de Produtos Artesanais Lácteos no Tocantins

Data do post: 02/06/2020 18:22:45 - Visualizações: (299) Imprimir

ADAPEC-TOPortaria regulamentando o serviço de inspeção será publicada nos próximos dias.

Representantes da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e Ruraltins reuniram-se na manhã desta terça-feira, 2, na sede da Adapec, em Palmas, para finalizarem a portaria de regulamentação da produção de produtos artesanais lácteos no Tocantins.

Durante a reunião a Adapec apresentou um esboço da legislação debatendo os pontos fundamentais para que a produção artesanal atenda as exigências sanitárias legais. “A regulamentação destes produtos é importante para o Estado, pois incentivará a economia, por meio dos pequenos produtores rurais que poderão produzir dentro de um padrão que não ofereça riscos sanitários à saúde da população,” disse o presidente da Agência, Alberto Mendes da Rocha.

O gerente de inspeção animal da Adapec, Antonio José Caminha argumentou que o Estado assumirá a responsabilidade pelo trabalho de fiscalização destes estabelecimentos para que os mesmos produzam dentro do que propõe a legislação. “Vejo esta iniciativa como uma oportunidade para combater também a industrialização e o comércio de produtos clandestinos,” acrescentou José Antonio.

Após aprovação das alterações propostas na portaria, a Adapec encaminhará a mesma para publicação no Diário Oficial do Estado nos próximos dias, e então, estará em vigor as normas de produção de produtos artesanais no Estado.

Fonte: ADAPEC-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.