TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

TJTO é Campeão de Ações e de Participações em Capacitação Socioambiental, Além de Reduzir Gastos em Várias Áreas

Data do post: 05/06/2020 19:29:01 - Visualizações: (235) Imprimir

Tribunal de Justiça-TOCom 226 ações e 19.566 participações em ações de capacitação socioambiental, o Judiciário tocantinense obteve a melhor performance entre todos os tribunais do país em Capacitação Socioambiental, um dos 14 indicadores mínimos que integram o 4º Balanço Socioambiental do Poder Judiciário, formatado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a partir de dados de algumas variáveis que lhe são repassados mensalmente e anualmente pelos tribunais.

O relatório mostra que, em 2019, o Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) obteve um crescimento de 240,30% nas ações de capacitação socioambiental (eram 67 em 2018) e de 400,79% nas participações em ações de capacitação eram 3.907 no ano passado. Ações que são planejadas e executadas seguindo as diretrizes estabelecidas pelo Núcleo de Gestão Socioambiental (Nuges), a partir do Plano de Logística Sustentáveis (PLS), a Comissão Gestora é presidida pela desembargadora Ângela Prudente.

“Este resultado mostra que estamos no caminho certo, buscando capacitar e sensibilizar os integrantes do Judiciário na causa ambiental. A mudança de comportamento que buscamos passa por uma formação de consciência sustentável”, ressaltou a desembargadora.

O resultado também foi comentado pelo presidente do TJTO, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto. “A sustentabilidade hoje é fundamental para o próprio desenvolvimento humano. Nós do Judiciário sabemos da relevância de se trabalhar alinhados a ações de proteção ao meio ambiente, que geram também economicidade e mais qualidade de vida a todos.”

O levantamento revela também que o TJTO aumentou de 16.611 para 17.934 as participações em ações de qualidade de vida (7,96%), que é um dos indicadores usados  para a apuração do Índice de Desempenho de Sustentabilidade (IDS), que consiste, segundo o CNJ, em "criar um indicador sintético que seja capaz de avaliar, em uma única dimensão, o resultado combinado de vários indicadores distintos, permitindo assim, comparação objetiva entre os tribunais".

O Judiciário tocantinense também viu crescer de 14 para 106 a quantidade de ações de qualidade de vida (667,15%);  de 324 para 1.572 as ações solidárias (385,19%); e de zero para 14 as ações de inclusão (1.400%), na comparação com 2018.

Entre os indicadores mínimos Impressões e Papel, o TJTO foi o quarto com menos impressões e consumo de papel per capita entre os tribunais de pequeno porte, respectivamente com 1.457 impressões e 4,5 resmas. 

Redução de gastos

O relatório, divulgado nesta quinta-feira (4/6), revelou também que o TJTO reduziu gastos em várias áreas na comparação com 2018. É o caso dos gastos com limpeza, que caíram de R$ 12.459.989,21 para R$ 8.721.435,61 (30%) no período base.

Já o consumo de embalagens retornáveis para água mineral (galões) caiu de 22.395 para para 12.651 (43,51%), o mesmo ocorrendo com a água mineral em embalagens retornáveis, cujo gasto caiu de R$ 286.067,65 para R$ 134.486,68 (52,99%).

Também reduziu de 616 para 551 o número de linhas telefônicas fixas (10,55%) e de 410 para 407 o número de linhas telefônicas móveis (0,73%), ao passo que os gastos com linhas móveis caíram de R$ 485.205,36 para R$ 464.352,94. E ainda de 89 para 87 o número de veículos (2,25%); e o consumo de diesel de 111.853,40 para 111.505, 79 (0,31%).

Fonte: Tribunal de Justiça-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.