TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Testes Adquiridos Pelo Judiciário Estão Disponíveis Para Todos Os Profissionais Da Saúde do Tocantins

Data do post: 16/06/2020 17:36:43 - Visualizações: (226) Imprimir

Tribunal de Justiça-TOO Comitê Executivo para Monitoramento das Ações da Saúde no Estado do Tocantins (Cemas-TO) orientou que os 15 mil testes adquiridos pelo Poder Judiciário, com a finalidade de auxiliar no combate à pandemia ocasionada pela Covid-19, deverão ser utilizados para a testagem de todos os profissionais de saúde do Tocantins, tanto estaduais quanto municipais que estão na linha de frente no combate ao novo Coronavírus, e também os do sistema carcerário (agentes e pessoas presas).

Segundo a coordenadora Cemas-TO, juíza Milene de Carvalho Henrique, o Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) firmou parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Palmas para o processamento de até 360 testes por dia no Laboratório do Município e definiu o protocolo necessário para viabilizar a coleta e a entrega das amostras.

“Os testes serão distribuídos gratuitamente à Secretaria Estadual de Saúde e às secretarias municipais de Saúde de todo o Estado do Tocantins para a testagem dos profissionais”, ressaltou a magistrada, que também encaminhou ofício ao secretário estadual de Saúde, Luiz Edgar Leão Tolini, e ao presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Tocantins (Cosems-TO) e prefeito de Alvorada, Roberto Sampaio, solicitando providências para manifestarem interesse em testar seus profissionais de saúde, ainda que assintomáticos, e viabilizar a coleta e entrega das amostras, “visando resguardar a saúde dos servidores”, destacou.

Os 15 mil testes foram adquiridos pelo Poder Judiciário do Tocantins a partir da destinação dos recursos financeiros provenientes do cumprimento de pena de prestação pecuniária, transação penal e suspensão condicional do processo nas ações criminais, com a finalidade de auxiliar no combate à pandemia ocasionada pelo coronavírus, conforme Portaria Conjunta Nº 571/2020, assinada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, e pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador João Rigo Guimarães.

Fonte: Tribunal de Justiça-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.