TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Transferido Para UTI em Palmas Por Decisão da Justiça, Recém-Nascido em Guaraí Recebe Alta Após Quadro de Infecção Grave

Data do post: 23/06/2020 11:26:43 - Visualizações: (450) Imprimir

Tribunal de Justiça-TOO juiz José Carlos Ferreira Machado determinou, no último dia 13 junho, que o Estado do Tocantins e o Município de Guaraí providenciassem, em até 4 horas, atendimento e medicação em UTI Neonatal para o recém-nascido Theo Ribeiro Noleto, com um quadro possível de Infecção Neonatal Generalizada (Sepse), visto que o Hospital Regional daquele município, onde estava internado, não oferecia esse tipo de atendimento.

Na sua decisão, dada em Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público, o magistrado, que responde pela Comarca de Colméia, estabeleceu também multa de R$ 1 mil por hora, a partir da 4ª hora da intimação, os dois entes públicos, advertindo-os de que "o descumprimento da presente ordem judicial configurará ato de improbidade administrativa, passível de perda do cargo e dos direitos políticos do Governador e do Secretário Estadual da Saúde, nos termos do art. 11, II, da Lei de Improbidade Administrativa, e poderá ainda acarretar-lhes responsabilização penal por crimes praticados seja por ação e/ou omissão, sem prejuízo de terem que suportar também as sanções civis cabíveis".

No último sábado, 22 de junho, Iaslyne Alves Ribeiro, a mãe, comemorou a alta do Theo, após tratamento em hospital particular de Palmas, ao lado de profissionais de saúde que o atenderam após Estado e Município de Guaraí cumprirem a decisão judicial.

Ao fundamentar sua decisão, o magistrado lembrou o artigo 5º da Constituição Federal, segundo o qual todos são iguais perante a lei, e o artigo 196º, que estabelece que a saúde é um direito de todos e dever do Estado.

"Pacífico entendimento jurisprudencial no sentido de que as obrigações do SUS podem ser cobradas de qualquer dos entes que o integram, em regime de solidariedade, assim, pois, da União Federal, Estado ou Município, isolada ou concorrentemente", ressaltou o magistrado José Carlos Ferreira Machado, que também atua como juiz auxiliar na Comarca de Arapoema.

Fonte: Tribunal de Justiça-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.