TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

5ª CIPM Emprega Equipe Especializada No Combate à Violência Contra As Mulheres No Mês "Agosto Lilás"

Data do post: 11/08/2020 17:51:21 - Visualizações: (680) Imprimir

Ascom/ 5ª CIPMA 5ª CIPM solicita a toda população que não se cale diante de casos de violências doméstica, pois todos somos responsáveis pelo fim da violência contra a mulher.

No mês em que se comemora os 14 anos da Lei Maria da Penha, sancionada em 07 de agosto de 2006, a 5ª Companhia Independente da Polícia Militar abraça o "Agosto Lilás" como mês de conscientização e emprega uma equipe especializada no combate à violência contra as mulheres. A companhia ainda solicita a toda população que não se cale diante de casos de agressões, pois todos são responsáveis pelo fim deste crime. Apenas no primeiro semestre deste ano foram mais de 57 atendimentos às mulheres em vulnerabilidade.

A data surgiu da necessidade de inibir os casos de violências domésticas no Brasil e o nome foi escolhido em homenagem à farmacêutica cearense Maria da Penha Maia Fernandes, que sofreu agressões do ex-marido por 23 anos e ficou paraplégica após uma tentativa de assassinato.

A 5ª CIPM não medirá esforços no sentido de garantir a proteção integral dos direitos das mulheres bem como combaterá todo e qualquer tipo de violência não apenas durante o “Agosto Lilás” mas durante todos os meses, como têm feito.

Todo tipo de violência deve ser denunciada através do telefone 190 da Polícia Militar que funciona 24 horas por dia. O contato é gratuito e confidencial. Além do190, as pessoas também podem denunciar na Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher em Tocantinópolis, onde a vítima pode e deve procurar amparo e proteção.

 

Fonte: Ascom/ 5ª CIPM

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.