TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Em Meio à Pandemia, Tocantinópolis Registra Seu 2º Homicídio do Ano de 2020

Data do post: 18/08/2020 03:58:02 - Visualizações: (8246) Imprimir

Foto Divulgação WhatsappCrime ocorreu na noite do Domingo (18), em um estabelecimento conhecido por “Clube dos Professores”, localizado no Setor Alto da Boa Vista II, onde o jovem André Luis Inácio Xavier de 21 anos foi alvejado por pelo menos três tiros vindo a óbito.

O homicídio aconteceu por volta das 19h40min, quando, segundo testemunhas, o suspeito José Carlos Martins dos Santos Conceição de 32 anos, conhecido pela alcunha de “Bostinha”, chegou ao local conhecido por Clube dos Professores numa motocicleta Titan de cor vermelha, pediu uma cerveja e logo em seguida sacou de uma arma tipo revólver e disparou vários tiros contra André Luis acertando pelo três na vítima que sucumbiu ao chão.

Após o crime, o suspeito se evadiu do local e até o fechamento desta ainda não teria sido encontrado. Amigos da vítima que estavam no local socorreram o alvejado levando-o para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde o mesmo faleceu.  

Motivação

As primeiras informações levantadas pela polícia dão conta de que o suspeito José Carlos Martins dos Santos ou “Bostinha”, que possui várias passagens pela polícia por tráfico, furto e roubo, estaria tendo um relacionamento amoroso com uma jovem de nome Camila Alves que também já tem algumas passagens pela delegacia, na ultima, Camila havia sido presa por tráfico em uma operação comandada pelo delegado licenciado Tiago Daniel de Moraes.

Segundo foi apurado, Camila Alves mesmo tendo um romance com “Bostinha”, estaria trocando mensagens com André Luis, e quando Zé Carlos descobriu, tomado pelo ciúme, o acusado foi até a vítima que estava no Clube dos Professores o alvejando a tiros.

José Carlos Martins dos Santos já é um velho conhecido da polícia, a ultima vez que ele havia sido preso foi em setembro de 2017, quando o bandido foi abordado na garupa de uma motocicleta, no momento da abordagem seu comparsa saiu correndo com um volume nas mãos, enquanto José Carlos não conseguiu correr e, em conversa com o Delegado Regional, confessou que estava de posse de um revólver calibre 38, mas, negou a prática do crime de tráfico de drogas. Acompanhado dos agentes, Tiago Daniel se dirigiu à residência do investigado e lá encontrou, além de um revólver calibre 38 com a numeração raspada que estava carregado com 6 munições, mais 12 munições do mesmo calibre, duas barras de maconha prensada, balança de precisão e a quantia de R$ 1.300,00 reais em dinheiro.

Até o fechamento desta, Zé Carlos continuava foragido, e os agentes da lei, pedem a quem tiver alguma informação que entre em contato com as autoridades com a garantia do sigilo da fonte.

Fonte: Redação do Tocnoticias

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.