TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Com 1239 Casos de Covid-19 Somente Neste Mês de Agosto, Mais de 300 Pessoas se Aglomeram em Espécie de Baile Funk Improvisado em Estreito-MA

Data do post: 30/08/2020 20:07:24 - Visualizações: (1768) Imprimir

Foto Divulgação WhatsappCom direito a cartaz eletrônico de convite/divulgação nas redes sociais, o evento lotou uma pista de MotoCross nos arredores da cidade maranhense.

A irresponsabilidade e a falta de respeito com sigo mesmo, parente e amigos, parece não ter limites para alguns munícipes da cidade de Estreito no sul maranhense.

Nesta ultima sexta-feira (28), centenas de irresponsáveis se reuniram para comemorar, quem sabe, as 1239 infecções pelo novo coronavírus, ou talvez, comemoravam as 21 mortes ocorridas por conta da Covid-19 no município.

Com 41.497 habitantes (Dados do IBGE), a cidade de Estreito-MA, localizada nas margens do Rio Tocantins, Região Sul Maranhense, ostenta a incrível marca de 2.516 infectados pelo novo Coronavírus, dados coletados no Boletim Epidemiológico de nº 123 emitido na sexta-feira (28/08), com nada menos que 838 casos ativos, ou seja, pessoas que sabidamente podem repassar o vírus para outras pessoas.

Informações repassadas pela Polícia Militar que foi acionada para ir até o local do evento, a festa regada por muitas bebidas alcoólicas e som automotivo, e aconteceu em um terreno onde fica uma pista de MotoCross. Com a chegada da polícia, segundo postagens nas redes sociais, parte da turma de cafajestes mudou de local e continuaram a farra até o dia amanhecer.

Foto Divulgação WhatsappUm curto vídeo (Final do Texto) ganhou as redes sociais no dia seguinte à festa, e mostra o momento que a polícia militar chegou ao terreno da tal pista de MotoCross, e todos se preparando para fugir levando consigo várias caixas térmicas, onde, segundo o Coronel Nascimento, comandante da PM de Estreito, a Polícia Militar foi informada e compareceu ao local do evento, tendo a festa sido encerrada e o fato foi apresentado à delegacia de polícia civil para que fosse feito o devido procedimento contra os proprietários do evento.

Em contato com o Coronel Nascimento através do aplicativo whatsapp, perguntamos se alguns dos organizadores haviam sido conduzidos para a delegacia, e qual procedimento teria sido feito em desfavor dos mesmos, porém, o militar não respondeu mais a ultima pergunta.

Por mais que digam que não, as pessoas que participaram de tal evento devem ser identificados e isolados da sociedade, haja visto a quantidade de decretos emitidos pelo governo municipal, e diante das normas estabelecidas durante esta pandemia que ainda não tem previsão de acabar, todos os participantes da festa estão fornecendo um perigo imenso para os demais munícipes de Estreito e região, pois, não tem como se identificar quem está com o vírus já que muitas pessoas são infectadas pelo mesmo e não sentem sintomas algum. Dezenas ou centenas podem ter saído de lá contaminados levando o vírus para casa para também infectarem familiares, vizinhos e amigos.

Aguardaremos os boletins epidemiológicos desta semana do município de Estreito para sabermos se tal evento vai colaborar para aumentar mais ainda a verdadeira pandemia interna que vive a cidade que parece ter perdido o controle no combate ao coronavírus graças à irresponsabilidade de parte da sociedade hipócrita local.

Fonte: Redação do Tocnoticias

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.