TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Em Caseara, Polícia Civil Apreende Adolescente Que Matou o Próprio Irmão

Data do post: 13/11/2020 13:12:35 - Visualizações: (277) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TOCaso aconteceu em um assentamento na zona rural de Caseara.

Policiais Civis da 54ª Delegacia de Caseara, coordenados pelo delegado Antônio Onofre Oliveira deram cumprimento a mandado de internação provisória de um adolescente de 15 anos. Ele é o principal suspeito de praticar ato infracional análogo ao crime de Homicídio Qualificado por Motivo Fútil contra o seu irmão.

O fato ocorreu em 01/11/2020 naquele município. Segundo a autoridade policial, após o ocorrido, o menor fugiu do local para evitar ser apreendido.

Concluída as investigações, a autoridade policial representou, junto ao Poder Judiciário pela Internação Provisória do Adolescente, e após parecer favorável do Ministério Público, o Poder Judiciário da Comarca de Araguacema decretou a medida, que foi cumprida nesta quarta-feira, dia 11, com a apresentação do menor na Delegacia de Caseara.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, o adolescente infrator será recolhido ao Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE), de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Araguacema. 

Dos fatos 

O ato infracional ocorreu em 01/11/2020 em um Projeto de Assentamento da cidade de Caseara e teria sido motivado por um ataque de fúria do adolescente infrator, que em sua residência passou a agredir a avó e mãe. Momento em que o irmão mais velho de 19 anos intercedeu para defender a família, e terminou por ser lesionado com instrumento cortante no pescoço, vindo a falecer logo em seguida.

 

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.