TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Suspeito Por Porte Ilegal De Arma De Fogo é Preso Pela Polícia Civil Em Miranorte

Data do post: 17/11/2020 19:00:37 - Visualizações: (228) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TOIndivíduo foi abordado quando se encontrava às margens da BR-153, em Miranorte.

Policiais Civis da 66ª Delegacia de Miranorte, comandados pelo delegado Pedro Henrique Félix Bernardes, com apoio da Polícia Militar, efetuaram na tarde deste domingo, 15, naquele município, a prisão de um homem de 71 anos de idade, que é suspeito pela prática do crime de porte ilegal de arma de fogo. Durante a ação policial, também foi apreendido em poder do indivíduo um revólver calibre 38, carregado com seis munições intactas.

De acordo com a autoridade policial, os policiais civis da 66ª DP estavam cumprindo plantão eleitoral neste domingo de eleições municipais quando receberam denúncias anônimas de que um homem estaria supostamente, comprando votos na cidade e praticando o crime de boca de urna.

De imediato, o Delegado, acompanhado por um agente foi até o local e, após localizar o suspeito, solicitou apoio da Polícia Militar. Desse modo, os policiais abordaram o suspeito e após realização de buscas pessoais, encontraram e apreenderam em poder do mesmo aproximadamente R$ 2 mil reais em espécie, bem como um revólver calibre 38, municiado que estava escondido dentro de uma bolsa que o homem carregava.

Diante dos fatos, o homem foi conduzido até a Central de Atendimento da Polícia Civil de Miracema onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, uma vez que não ficou caracterizado o crime eleitoral. O homem foi liberado após pagar fiança e responderá em liberdade.

 

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.