TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Homem Preso Pela Polícia Civil Em Miracema é Condenado Há Mais De Nove Anos De Prisão

Data do post: 27/11/2020 20:35:22  Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TOInvestigações realizadas pela Polícia Civil serviram de base para condenação do indivíduo.

Com base em investigações realizadas pela 67ª Delegacia de Polícia Civil de Miracema, e após deliberações do Conselho de sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Miracema do Tocantins, um homem de 20 anos de idade, foi condenado a uma pena de reclusão de nove anos e oito messes pela prática dos crimes de homicídio tentado e também corrupção de menores, em julgamento realizado no fórum daquela Comarca nesta quinta-feira, dia 26.

Segundo o delegado-chefe da 67ª DP e responsável pelo inquérito policial que investigou os crimes, Clecyws Antônio de Castro Alves, desde o dia 15 de março de 2019, data dos fatos, a Polícia Civil iniciou as investigações e descobriu a autoria bem como a materialidade dos fatos, sendo então representado, junto ao Poder Judiciário da Comarca de Miracema, pela prisão do principal acusado, que então acabou sendo localizado e capturado pela Polícia Civil no dia 23 de março de 2019.

Motivação

A autoridade policial ressalta que o crime teria sido motivado por uma rixa existente entre autor e vítima pelo fato de integrarem facções criminosas rivais o que desencadeou o ataque a tiros realizado pelo autor.

O crime

Por volta das 22h30 minutos da noite de 15 de março de 2019, a vítima estava em sua residência com sua companheira e também um amigo, quando percebeu que o imóvel havia sido invadido por dois indivíduos, sendo o homem condenado nesta quarta-feira, e um adolescente menor de idade, portando armas de fogo. Imediatamente, o homem se escondeu quanto os agressores efetuaram ao menos 12 disparos de arma de fogo em sua direção, no entanto, o mesmo só teve ferimentos leves. Logo após o crime, os dois autores fugiram tomando rumo ignorado.

Julgamento e condenação

Após o encerramento das investigações, o inquérito foi remetido ao Poder Judiciário e ao Ministério Público, que por sua vez, acatou o resultado das investigações da Polícia Civil e, assim ofereceu denúncia contra o acusado que se tornou réu pelos crimes. Logo após, foi marcado o julgamento do acusado, sendo que o delegado Clecyws Antônio atuou como testemunha de acusação, oportunidade em que reafirmou o resultado das investigações. Desse modo, diante do exposto, o homem foi condenado a pena de reclusão mencionada.

 

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.