Tocantinópolis - TO
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter
rhana_ar_condicionado_1015x150_gif

Universitários São Indiciados Pela Polícia Civil Por Roubo e Corrupção De Menores Em Filadélfia

Data do post: 01/02/2021 23:05:55 Imprimir -  Compartilhar

Secretaria de Segurança PúblicaCrime teria sido praticado com grave ameaça por dois maiores de idade e um adolescente no norte do Estado.

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da 34ª Delegacia de Polícia Civil de Filadélfia, concluiu nesta segunda-feira, 1º, as investigações referentes à prática dos crimes de roubo majorado pelo concurso de pessoas, corrupção de menores e oferecimento de bebida alcoólica a adolescente, fatos ocorridos na cidade de Filadélfia, no norte do Estado.

Segundo o apurado, no dia 28 de janeiro de 2021, os indiciados, dois homens, ambos com idades de 22 anos, juntamente com um adolescente de 16 anos, subtraíram, mediante grave ameaça, a bolsa de uma passageira de ônibus no Porto da Balsa em Filadélfia enquanto a mulher aguardava a balsa para fazer a travessia para a cidade de Carolina – MA.

Durante a prática do crime, um dos suspeitos, utilizando o veículo da sua mãe, deslocou-se, juntamente com os outros dois comparsas, para o Porto da Balsa, onde parou o veículo próximo ao ônibus de viagens que estava aguardando a balsa. Nesse momento, um dos homens, acompanhado pelo adolescente, desceu do veículo, sendo que o maior adentrou no ônibus e abordou a vítima e exigiu que ela entregasse a ele seus pertences. O que foi feito, enquanto o adolescente permaneceu do lado de fora vigiando se por ventura aparecesse alguém ou a polícia.

Após o crime, os suspeitos empreenderam fuga, mas foram capturados em seguida pela Polícia Militar e encaminhados à Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguaína – TO onde foram lavrados o Auto de Prisão em Flagrante dos indiciados e o Auto de Apreensão em Flagrante de Ato Infracional do adolescente.

Com o aprofundamento das investigações, os policiais civis descobriram que, antes da prática do crime no Porto da Balsa, os indiciados estavam bebendo com o adolescente em sua residência. Desse modo, o delegado Luís Gonzaga da Silva Neto concluiu o inquérito policial e indiciou os dois homens pelos crimes de roubo majorado pelo concurso de pessoas, corrupção de menores e por oferecer bebida alcoólica a adolescente. O Delegado ressalta ainda que, se condenados pela Justiça, por todos os crimes pelos quais foram indiciados, os suspeitos podem pegar uma pena total de 20 anos de prisão.

Conforme o delegado Luís Gonzaga os indiciados são estudantes universitários, sendo que um deles cursa Ciências Contábeis, e o outro é estudante de Fisioterapia. Com base nas investigações da Polícia Civil, o Poder Judiciário converteu as prisões em flagrante dos indiciados em prisão preventiva, estando os mesmos presos na Casa de Prisão Provisória de Araguaína.

Em relação ao adolescente, a Justiça determinou a sua soltura, sendo que o mesmo responderá pelo ato infracional em liberdade. O caso foi encaminhado ao Poder Judiciário para as medidas cabíveis.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.