TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Projeto Visa à Qualificação Profissional de Jovens em Vulnerabilidade Social

Data do post: 23/08/2019 18:08:45 - Visualizações: (475) Imprimir

Assembleia Legislativa do Tocantins Tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa projeto de autoria do deputado Issam Saado (PV) que propõe a qualificação profissional para jovens em situação de vulnerabilidade social no Estado. A propositura também pretende oferecer formação cidadã aos jovens de 16 a 18 anos em situação vulnerável, indicando-lhes padrões de comportamento e boa conduta.

Os participantes do projeto deverão auxiliar a comunidade como prestadores de serviços na saúde e nas escolas públicas, É Pra Já, centros de convivência do idoso, atividades turísticas dos municípios, entidades assistenciais, entre outras ações.

Os jovens deverão estar matriculados em estabelecimentos de ensino da rede pública, com carga horária que não prejudique a atividade escolar regular. “Com certeza, um programa com tal intuito muda a perspectiva de vida de muitos, proporcionando-lhes uma melhora da autoestima e transformando-os em agentes de desenvolvimento de sua comunidade”, mencionou Issam Saado.

O parlamentar disse que atualmente nos cadastros de atos infracionais e criminais, jovens com falta de perspectivas respondem por um alto índice. “Há uma concorrência desleal com o tráfico e outros tipos de crimes, pois oferecem ascensão econômica rápida aos jovens. Assim, um programa implantado pelo Estado, voltado unicamente para jovens em situação de vulnerabilidade social, trará bons resultados e será muito bem recebido pela população tocantinense”, assegura o projeto.

Fonte: Assembleia Legislativa do Tocantins

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.