TOCANTINÓPOLIS
TOCNOTÍCIAS Vocês Fazem a Notícia, Nós Apenas Divulgamos!
Siga-nos
Facebook Youtube Twitter

Polícia Militar Prende Homem Por Furto, Ele Tinha Acabado de Se Envolver Como Vitimado de Tentativa de Homicídio

Data do post: 21/06/2019 17:49:47 - Visualizações: (510) Imprimir

Ascom 2° BPMEle caminhava pela rua quando outro sujeito em uma moto o acompanhou, declarou que ia acertar as contas com ele, sacou uma arma de fogo e efetuou disparos em sua direção. Um dos disparos atingiram sua mão e outro atingiu a nádega e a perna de uma mulher que passava na rua. Ambos os envolvidos correram e sumiram. A Polícia Militar foi acionada e quando terminava o atendimento dessa ocorrência de tentativa de homicídio, uma mulher pediu socorro aos Policiais Militares, informando haver um homem furtando em sua casa. Ele saiu da casa com uma mala recheada de pertences, contudo, a largou e tentou fuga correndo ao ver os Policiais Militares que correram atrás, o alcançaram e o imobilizaram. Foi constatado que ele se tratava do mesmo homem vitimado de tentativa de homicídio, posto que estava com o dedo da mão ferida por disparo de arma de fogo. Os Policiais Militares recuperaram todos os pertences furtados e deram-lhe voz de prisão. Ele já tinha quatro passagens pela polícia: três por furto em estabelecimento comercial e uma por furto em veículo.

O fato a partir das 13h19 desta quarta-feira, 19, na Rua Araranguá, Vila Ribeiro, em Araguaína-TO, onde uma mulher de 23 anos informou que estava caminhando pela via quando um homem desconhecido a acompanhou e em seguida surgiu um outro homem também desconhecido em uma moto velha vermelha, não sabendo informar marca e nem modelo.

Informou ainda que o motociclista acompanhou o homem que estava ao seu lado, já dizendo que “hoje acertaria as contas” e de imediato sacou uma arma de fogo e efetuou disparos contra o homem que estava à pé, o qual saiu correndo e sumiu. Um dos disparos atingiu a mulher de 23 anos no glúteo, lado direito, e transfixou atingindo a perna esquerda onde o projétil ficou alojado. Na sequência, o agressor também saiu na moto a rumo ignorado. A mulher de 23 anos foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e conduzida para o HRA onde ficou sob cuidados médicos.

Posteriormente, às 16h, quando os Policiais Militares estavam encerrando o atendimento da ocorrência, após o término dos trabalhos periciais no local, os Policiais Militares ouviram gritos de uma mulher os chamando dizendo que havia ladrão no interior de sua residência, ocasião em que o homem saiu com uma mala na mão, sendo que, ao avistar os militares, ele largou a mala e correu tentando fuga. Os Policiais Militares correram atrás, o interceptaram e o imobilizaram.

A Polícia Militar constatou que o infrator da lei tinha invadido a residência pelo telhado, quebrou parte do forro do quarto, revirou toda residência invadindo também o veículo na garagem do qual retirou a bateria e o toca-CD, colocou tais objetos numa mala de propriedade da dona da casa, juntamente com outros pertences como 01 camisa, 01 toalha, 05 frascos de perfumes, 01 secador de cabelo, 01 chapinha, 01 escova de cabelo e 14 peças de bijuterias e já estava foragindo levando os objetos quando foi impedido pela Polícia Militar.

Os Policiais Militares verificaram que tratava-se de um homem de 39 anos e notaram também que seu dedo da mão se encontrava lesionado por disparo de arma de fogo, constatando que se tratava do homem vitimado da ocorrência anterior de tentativa de homicídio. Ele foi conduzido para a UPA onde foi devidamente atendido e medicado com curativo e em seguida recebeu voz de prisão, sendo conduzido juntamente com todos os produtos furtados recuperados para a DP de Plantão onde foi devidamente autuado em flagrante por furto qualificado. Ressalta-se que ele já tinha quatro passagens pela polícia: três por furto em estabelecimento comercial e uma por furto em veículo.

Fonte: Ascom 2° BPM

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.