TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Banca Itinerante do Instituto de Identificação Percorre Tocantins e já Montou Cerca de 6 Mil Processos de RG

Data do post: 20/09/2019 20:08:34 - Visualizações: (633) Imprimir

Secretaria de Segurança Pública-TO O projeto Banca Itinerante do Instituto de Identificação da Secretaria de Segurança Pública atingiu nesta semana a marca de mais de seis mil pessoas atendidas.  Esse número compõe o resultado positivo do balanço parcial fechado nesta sexta-feira, dia 20, quando o Instituto atingiu a marca de 98.612 Registros Geral-RG emitidos. Mais conhecido como carteira de identidade, o RG também está sendo emitido por meio das Bancas Itinerantes, cujo objetivo é oferecer à população o acesso à montagem do processo e, assim, ter em mãos este importante documento de identificação.

A Banca Itinerante já percorreu dezenas de municípios, entre eles Pium, Palmas, Barrolândia, Santa Rosa, Abreulândia, Couto Magalhães, e Lagoa da Confusão. Nesta semana, o município contemplado foi Nova Rosalândia, onde foram atendidas 317 pessoas. Neste sábado, 21, a Banca Itinerante atenderá os moradores do Distrito de Luzimangues, em Porto Nacional. Os atendimentos vão acontecer na Escola Beira Rio, das 8 às 12 horas.  E a partir de segunda-feira, 23, a Banca estará em Muricilândia, na região norte do Tocantins. A previsão é atender 500 pessoas até a próxima sexta-feira, 27. 

Ampliação

Sobre a importância da Banca Itinerante, a diretora do Instituto de Identificação do Tocantins, Naides Cesar Silva, diz que o trabalho oferecido evita que as pessoas deixem de buscar seu RG, “um documento tão importante, em razão de distância ou de falta de condições financeiras”. Ainda segundo ela, a Banca Itinerante amplia o atendimento à população na medida em que vai ao encontro das demandas do cidadão, além de favorecer pessoas que moram longe dos principais núcleos dos Institutos a solicitarem seus documentos.

A diretora atribui o número satisfatório de documentos emitidos neste ano ao empenho da equipe em implantar medidas para diminuir o prazo para emissão e ao intuito de oferecer o melhor para a sociedade. “Detectamos um problema de entregas de documentos e fizemos reuniões internas pra sanar os problemas que chegavam, implantamos um novo sistema, o PAPI que trouxe oportunidades para diminuir o prazo de entrega de emissão. Lançamos recentemente o agendamento online para evitar o transtorno em filas, por exemplo, e realizamos muitos mutirões para agilizar o que tinha em atraso”, disse Naides ao afirmar que a obrigação é fazer prevalecer o direito do cidadão.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública-TO

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.