TOCANTINÓPOLIS:
Facebook Youtube Twitter
Siga-nos:

Polícia Militar Prende Homens Por Tráfico de Entorpecentes

Data do post: 23/09/2019 09:23:26 - Visualizações: (458) Imprimir

Ascom 2° BPM Eles foram flagrados em atitudes muito suspeitos passando um produto para uma pessoa em um local também muito suspeito. Eles se retiraram sorrateiramente em uma moto Biz, os Policiais Militares os seguiram e, na abordagem, constataram que eles estavam portando 10 cigarros de maconha preparados para o tráfico; 01 porção da mesma substância entorpecente e mais o valor de R$ 140,25 trocados, possivelmente oriundo do comércio de tráfico de drogas; além de 02 aparelhos celulares de origem duvidosa. Foram imediatamente presos e autuado por tráfico de entorpecentes.

O fato aconteceu às 22h08 deste sábado, 22, em um local muito suspeito localizado na Rua 10, Setor Itapuã, em Araguaína-TO, onde uma Guarnição de Rádio Patrulha da Polícia Militar realizava patrulhamento quando notou uma movimentação muito estranha de dois homens suspeitos, os quais passaram um objeto estranho para uma pessoa e se retiraram sorrateiramente em uma moto Biz, cor vermelha.

Ascom 2° BPM Na abordagem, os Policiais Militar verificaram que um dos homens tinha 18 anos, o outro não declarou sua idade. Nas buscas, foi encontrado na posse deles 10 cigarros de maconha preparados para o tráfico; 01 porção da mesma substância entorpecente e mais o valor de R$ 140,25 trocados, possivelmente oriundo do comércio de tráfico de drogas; além de 02 aparelhos celulares de origem duvidosa.

Diante dos fatos, a Polícia Militar deu-lhes voz de prisão e os conduziu juntamente com as drogas, dinheiro e celulares para a DP de Plantão onde foram devidamente autuados por tráfico de entorpecentes.

Fonte: Ascom 2° BPM

ATENÇÃO!
Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.