MPE Obtém Condenação de Dois Ex-presidentes da Unirg e de Dois Advogados

Data do post: 05/06/2016 11:36:45 - Visualizações: (892)    Imprimir

A Justiça acatou parcialmente as teses de acusação do Ministério Público Estadual (MPE) e condenou dois ex-presidentes da Fundação Unirg, Ezemi Nunes Moreira e Celma Mendonça Milhomem, e os advogados Ercílio Bezerra de Castro Filho e Walace Pimentel pela participação em esquema de desvio de verbas públicas da referida Fundação, mantenedora do Centro Universitário de Gurupi.

Foto: Divulgação MPE-TOA sentença foi proferida na última quarta-feira, 1º, pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Gurupi. Já a denúncia contra os quatro réus foi apresentada pelo MPE no ano de 2011.

O esquema denunciado pelo Ministério Público envolveu a dispensa ilegal de licitação para a contratação de serviços advocatícios por parte dos gestores da Unirg e crime de peculato (apropriação de dinheiro público), tendo os referidos crimes o agravante de terem sido praticados em concurso de pessoas.

Segundo a sentença, Ezemi Nunes Moreira fica condenado a 6 anos e 8 meses de reclusão e 4 anos de detenção, mais multa; Ercílio Bezerra de Castro Filho teve pena estabelecida em 10 anos de reclusão e 3 anos e 6 meses de detenção, mais multa; Celma Mendonça Milhomem foi condenada a 6 anos e 8 meses de reclusão e Walace Pimentel, a 5 anos de reclusão.

Os condenados ainda terão que reparar os danos causados aos cofres públicos, nos seguintes valores: R$ 75 mil, a serem partilhados por Ercílio e Ezemi; e R$ 194.470,45, a serem divididos entre Celma, Ercílio e Walace.

Sobre os crimes

De acordo com a acusação do Ministério Público, no ano de 2009 o então presidente de Fundação Unirg, Ezemi Nunes, contratou o advogado Ercílio Bezerra de Castro Filho pelo valor de R$ 75 mil, a fim de promover a defesa da Unirg em ações perante o INSS. A contatação, porém, se deu sem o devido processo licitatório. Para subsidiar a fraude, teria sido utilizado um parecer falsificado da Procuradoria Jurídica da Fundação, justificando a inexigibilidade de licitação e conferindo ares de legalidade à contratação.

Além dos R$ 75 mil, Ercílio Bezerra de Castro Filho receberia percentual de 10% sobre o montante recuperado em cada ação judicial.

Contra a contratação, o MPE também alegou que a própria Fundação Unirg dispunha de um quadro jurídico qualificado para atuar em sua defesa. Além disso, pesa o fato de que o advogado contratado não é especialista em causa tributária.

Walace Pimentel, que prestou serviço como advogado substabelecido, recebeu em sua conta bancária o valor de R$ 179.032,11, enquanto o próprio contratado, Ercílio Bezerra, recebeu R$ 45.500,00.

Além desses valores, Ercílio Bezerra de Castro Filho ingressou com ação na Justiça, cobrando honorários que alegava lhe serem devidos. Em audiência de conciliação, sem questionar a cobrança e sem exigir apresentação de embargos à execução, Celma Milhomem acordou o pagamento de R$ 1.024.066 à empresa Advocacia Bezerra e Castro S/S. Ao saber dos crimes contra a fé pública, o MPE expediu recomendação e impediu o pagamento de grande parte dos valores.

Fonte: Flávio Herculano MPE-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Câmara de Tocantinópolis Aprova às Associações Budokai Dojô e Filhos da Boa Vista Como Sendo de Utilidade Pública Municipal

Foto da notícia

Data: 19/04/2019 00:08:12 - Visualizações: 537

Notícias Relacionadas

18/04/2019
Polícia Civil Intercepta Comercialização Ilegal de Ovos de Páscoa e Cacau Show Doa Carregamento Para Crianças Carentes

18/04/2019
Polícia Civil Prende Suspeito de Praticar Vários Furtos no Interior do Estado

18/04/2019
Em Ação da Defensoria Pública, Crianças e Adolescentes de Abrigos da Capital Recebem Kits de Páscoa

18/04/2019
Polícia Militar Apreende Pé de Maconha

18/04/2019
Programa Criança Feliz do Tocantins Representa o Brasil em Evento Mundial

18/04/2019
Secretário de Segurança Pública do Tocantins Recebe Mais Alta Comenda do Exército Brasileiro

Todas as Notícias