Em Araguaína, Denuncia Supõem que Direção do CPP Sabia de Túnel Utilizado na Fuga Pelos Menos Dois Antes

Data do post: 19/07/2016 09:24:29 - Visualizações: (1153)    Imprimir

Uma denúncia que chegou ao AN na semana passada aponta que a direção da Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA) sabia da existência do túnel dois dias antes da fuga de oito presos ocorrida no início de julho. Isto é, a escavação foi descoberta dia 04 de julho e os detentos, entre eles Júnior Ferro, fugiram na madrugada do dia 6. 

Foto Divulgacao Araguaína NoticiasA prova da existência do túnel, segundo a fonte, são fotos divulgadas pelo diretor da CPPA no final da tarde do dia 4. A imagem, postada no grupo de WhatsApp de diretores de Casa de Prisão, mostra o início da escavação dentro da cela 5, no pavilhão B. 

Supostas falhas

O denunciante aponta supostas falhas nos procedimentos formais a serem adotados pela CPPA em casos como esse.  A direção da unidade não teria comunicado imediatamente ao delegado, promotor de Justiça e Juiz de execuções penais sobre a descoberta do buraco.

“Quando existe um crime, [tem que] comunicar as autoridades competentes.  Além de Juiz e promotor, o delegado de Polícia, que compete, por exemplo, de requisitar perícia. (...) E o preso que danificou, ele tem que ser responsabilizado. Esse é o procedimento.”  Aponta a denúncia.

Isolamento e Interdição

Foto Divulgacao Araguaína NoticiasDe acordo com a denúncia, houve outra suposta falha no procedimento de segurança e isolamento da cela, após a descoberta do túnel.  Neste caso, a cela 5 deveria ter sido isolada e “trancada” com um cadeado até o reparo, assim como as demais.

“Simplesmente fechou o portão de acesso à cela que estava o buraco. Sendo que o normal seria concretar de imediato e na pior das hipóteses, passar cadeado em todas as celas e não liberar os presos. (...) Os presos não deveriam nem sair para o banho de sol até ser feito o reparo.” Ressalta a fonte, com base em relatos informais de agentes.

A referida fonte sugere que as supostas falhas tenham contribuído para facilitar a fuga. “O que houve foi falhas nos procedimentos.  Ele deveria manter todas as celas da cadeia, CPPA, no cadeado. E não manteve. E no final da tarde, provavelmente não conferiu as celas, e deixou por conta dos correrias.”

Acesso ao túnel já em escavação

Correria é o nome dado ao detento “de confiança” que ajuda os agentes em diversas tarefas nas casas de prisões. Júnior Ferro, acusado de matar um comerciante de 82 anos em Araguaína, seria um correria e teria tido trânsito livre para chegar à cela do túnel.

Conforme a denúncia, as demais celas não ficaram devidamente trancadas e “os presos quebraram a tranca [da cela] e foram no buraco. Terminaram de cavar e fugiram. Ou seja, a parte mais difícil eles já tinham feito dia 4, que é quebrar o concreto [do piso], o resto foi só barro.”

Na ocasião, oito presos fugiram da cela 5, localizada no pavilhão B e  direção da Unidade deu poucas explicações sobre as circunstâncias da fuga.  Entretanto, segundo apurado, Júnior Ferro ficava no Pavilhão "A".  Mas na noite da fuga ele teria ido sozinho até o Pavilhão "B" aproveitando-se de supostas falhas na CPPA.

Falta da guarda externa da PM

Foto Divulgacao Araguaína NoticiasAo sair pelo túnel de dois metros, os presos tiveram acesso ao pátio da CPPA.  Como a guarda externa, que era feita por PMs nas guaritas, está suspensa, os fugitivos pularam o muro com facilidade e não foram vistos.  Na época, o promotor de Justiça Tarso Rizo de Oliveira afirmou que a guarda externa  com certeza iria dificultar [a fuga].

Outro lado

Em nota ao AN, Secretaria da Cidadania e Justiça (Seciju) admitiu que a descoberta do túnel se deu no dia 4‒ dois dias antes da fuga.   Entretanto, ressaltou que a direção da unidade “tomou todas as providências e procedimentos necessários, tanto que evitou-se outras duas fugas [na CPPA]; uma no dia 4 e outra no dia 5 de junho.”

Sobre a fuga do dia 6, a Seciju  informou que foram tomadas as devidas providências para apurar o caso. “Além de instalar Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD), os servidores que estavam no plantão serão encaminhados para a Corregedoria.” Por fim, a Seciju frisou que enviou equipes de agentes de Palmas para dar suporte a segurança da CPPA, juntamente com PM e o Serviço de Inteligência Prisional trabalham nas buscas aos fugitivos.

Também por meio de nota, o Tribunal de Justiça do Tocantins confirmou que a CPPA  informou sobre a fuga ao Juiz de Execuções Penais de Araguaína apenas no dia 6 de julho.  Isto é, dois dias após a data da descoberta do túnel, apontada pela denúncia.

O Ministério Público Estadual foi contatado para comentar sobre procedimentos quando é encontrado buracos em cela, mas não respondeu. O AN ainda solicitou da PM informações sobre a falta da guarda externa, e foi informado que a corporação não possui mais vínculo com a CPPA. 

Nota: O AN entrou tentou contato com a direção da CPPA na tarde desta segunda, mas o diretor não se encontrava. Posterior à veiculação da matéria, ele retornou a ligação, disse que algumas informações não procedem. Mas não detalhou as discordâncias.

Fonte: Com Informações do Araguaína Noticias

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Suspeito de Roubo é Preso em Flagrante Pela Polícia Civil em Tocantinópolis

Foto da notícia

Data: 22/09/2017 20:25:28 - Visualizações: 219

Notícias Relacionadas

22/09/2017
Menor é Apreendido Pela Polícia Militar Por Ato Infracional em Ananás

17/09/2017
Polícia Militar Prende Homem de 54 Anos que Tinha Mandado de Prisão em Aberto por Estupro de Vulnerável

17/09/2017
Polícia Militar Detém Homem de 33 Anos com um Simulacro de Arma de Fogo em Araguaína

15/09/2017
Municípios do Bico Receberão mais de R$ 36 Milhões dos Empréstimos que o Governo foi Autorizado a Fazer

14/09/2017
MP de Tocantinópolis Entra com Ação de Improbidade Administrativa Contra Prefeita de Palmeiras do TO

12/09/2017
Em Palmeiras do Tocantins, 4 Pessoas São Presas Pela PM por Crime Ambiental

Todas as Notícias