Faça seu login Cadastre-se

Olá Visitante.

Pesquise notícias

Publicidade

Por Onde Andam Sandro Hiroshi e Anailson, Duas Revelações do TEC?

Data do post: 05/11/2016 23:16:32 - Visualizações: 2101                                                                                                         Imprimir

Aposentado do futebol, Sandro Hiroshi hoje com 36 anos, continua no esporte, agora disputa campeonatos de tiros com espingarda. Já Anailson cuida de uma escolinha de futebol onde busca lançar novos craques no futebol brasileiro.

Imagem da InternetPrimeiramente vamos falar de Sandro Hiroshi Parreão Oi, conhecido apenas por Sandro Hiroshi, que no auge de sua carreira, foi um dos "gatos" mais famosos da história do futebol brasileiro. Natural da cidade de Araguaína, Tocantins, onde nasceu em 19 de novembro de 1979, encerrou a carreira em 2013 e depois disso foi vice-campeão armador de tiro no mesmo ano.

Hiroshi começou a carreira no Tocantinópolis Esporte Clube em 1998, estreando no profissional com apenas 18 anos de idade. Com muita velocidade e um bom chute, Sandro se destacou durante a Copinha em São Paulo no qual o Tocantinópolis participou naquele mesmo ano, e assim o Rio Branco de Americana o contratou para a disputa do Campeonato Paulista de 1999.

O atacante de ascendência japonesa fez boas partidas pelo time de Americana. No final do paulistão de 1999, Hiroshi foi contratado pelo São Paulo para substituir Dodô, que havia se transferido para o Santos.

Imagem da InternetNo Tricolor paulista, Sandro começou a brilhar, fazendo uma bela parceria com França no ataque. Porém, um problema com sua transferência fez com que o São Paulo fosse punido com a perda de pontos no Campeonato Brasileiro de 1999, além de repassar uma quantia extra ao Tocantinópolis Esporte Clube que revelou o craque. As investigações não pararam e logo descobriram que o atleta tinha adulterado sua idade e que jogava com documento falsificado desde 1994.

Em 29 de novembro, ocorreu o julgamento do caso e o atacante foi condenado a 180 dias sem poder atuar profissionalmente. Isso fez com que a carreira de Hiroshi não decolasse e muitos acreditaram na aposentaria precoce do jogador. Contudo, ele continuou no Tricolor e fez parte do elenco campeão paulista de 2000 e do torneio Rio-São Paulo de 2001.

Mesmo com os títulos, não conseguiu mais se firmar no time da capital paulista e foi transferido ao Flamengo em 2002. Na equipe do Rio de Janeiro, também não brilhou e no ano seguinte foi para o Figueirense. Como destaque do time campeão catarinense de 2003, Hiroshi acertou com o Al-Jazira, dos Emirados Árabes, e deixou o Brasil.

Porém, no ano seguinte voltou a São Paulo e foi contratado pelo Guarani. No Bugre, fez dupla de ataque com o experiente Viola. Ambos não evitaram a queda do time de Campinas para a Série B. Deste modo, Sandro foi de novo para o exterior, desta vez para a Coréia do Sul.

Em campos asiáticos, Hiroshi brilhou, conquistou em 2006 e 2007 a Copa da Coréia do Sul pelo Chunnam Dragons. Em 2009, retornou mais uma vez ao Brasil. Agora, o atacante jogaria pelo América-RN. Todavia, foi uma passagem relâmpago e voltou para Coréia do Sul no mesmo ano.

Foto: zaramelojr/o JogoSagrou-se mais uma vez bicampeão da Copa da Coréia do Sul nos anos de 2009 e 2010 pelo Suwon Bluewings, além de também ter vencido o Campeonato Pan-Pacífico de 2009. Da segunda metade de 2010 até o meio do ano seguinte pouco jogou. Assim, no segundo semestre de 2011 acertou sua volta ao Rio Banco.

Pelo time de americana, Hiroshi liderou o elenco na campanha campeã do Campeonato Paulista de 2012 da Série A3. Foi então no primeiro semestre de 2013, que Sandro decidiu pendurar as chuteiras com 33 anos.

Mesmo aposentado do futebol, Hiroshi não ficou longe do esporte. Começou a participar de campeonatos de trap americano, modalidade de tiro que não integra os Jogos Olímpicos. No final de 2013, com 34 anos, ele foi o segundo colocado na categoria Sênior C (quarta divisão). Além disso, o ex-jogador se tornou agora em 2016, coordenador da categoria sub- 17 do Rio Branco, e ainda ajuda a mulher na administração de uma loja de sapatos em Americana, interior de São Paulo

Foto: Dirceu LenoAnailson Brito Noleto

Celebridade na cidade maranhense de Estreito, Anailson foi um dos destaques do Campeonato Brasileiro de 2001, jogando pelo São Caetano onde sagrou-se vice campeão, e também vice campeão da Copa Libertadores da América em 2002.

Anailson pendurou as chuteiras em 2013, numa partida de futebol com seus amigos disputadas em Imperatriz (MA), na época, teve a cobertura do Globo Esporte Maranhão.

(Assista no vídeo Abaixo)

Fonte: Terceiro Tempo e Globo Esporte Maranhão

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Comentários (0)

você precisa estar logado para comentar Logar 

Esta notícia não tem nenhum comentário, seja o primeiro!

PUBLICIDADE

Destaque

Reunião no MP Definiu Regras Ambientais na Temporada de Praia em Tocantinópolis e Região

Foto da notícia

Data: 24/06/2017 09:14:40 - Visualizações: 3295

A reunião que tratou de assuntos inerentes a temporada de Praias 2017 aconteceu na ultima Quarta Feira (21), no Plenário Natalino Resplandes de Araújo no prédio das promotorias de...

Endereço

Avenida Nossa Senhora de Fátima - 1595, Centro

Contato

(63) 3471-1970, (63) 8119-0520 (Tim), (63) 8441-0195 (oi), (63) 9957-1100 (Vivo) e (63) 9276-6362 (Claro)

Siga-nos

2014 - TocNoticias - Portal de Notícias - Todos direitos reservados...

Administrado por: Roberlan Cokim