Faça seu login Cadastre-se

Olá Visitante.

Pesquise notícias

Publicidade

Não Sou Bandido. Diz Evangélico de Tocantinópolis Que Acusa PM's de Humilhá-lo Durante Abordagem

Data do post: 23/11/2016 23:08:26 - Visualizações: 6683                                                                                                         Imprimir

José Edson Pereira de Araújo de 37 anos, fez boletim de ocorrência e procurou o Ministério Público relatando que foi humilhado e tratado como bandido quando foi abordada por dois policiais militares.

imagem do site www.tocnoticias.com.brA abordagem aconteceu na Avenida Nossa Senhora de Fátima por volta das 04 horas da manhã quando José Edson que é mais conhecido por amigos e familiares como "Zé Edson", disse que estava, juntamente com outros dois companheiros de serviço, aguardando o ônibus para se deslocar até o trabalho num abatedouro localizado no município de Aguiarnópolis, quando uma viatura chegou no local abordando somente a ele perguntando se ele era o Mike Tyson, se referindo a Édio Pereira de Araújo, meliante com várias passagens pela polícia. "Eles chegaram onde nós estávamos com arma em punho, de modo grosseiro me chamando de vagabundo perguntaram se eu era o Mike Tyson, e eu respondi que não, que Mike Tyson é meu irmão e que ele está preso, mas, mesmo assim me abordaram de forma grosseira, me fizeram uma revista pessoal mandando eu abrir as pernas e me apalpando, sem ao menos pedir meus documentos". Contou Zé Edson bastante triste.

"Me senti humilhado, um cidadão  que nunca teve uma passagem se quer pela polícia, sou evangélico da Igreja Assembleia de Deus Ministério de Anápolis e congrego aqui em Tocantinópolis, e me senti um lixo. Sei que é o trabalho deles mais eles pelo menos poderiam ter pedido os documentos, mais não, preferiram me abordar de forma grosseira pra me humilhar perante os meus companheiros de serviço, fiquei tão desanimado que não fui trabalhar, e agora vou procurar os meus direitos, pois acordo as 03 horas da manhã todos os dias para ir trabalhar, pago meus impostos que é usado para pagar os salários de pessoas que me humilham e isso não é justo". Desabafou José Edson.

Foto divulgação Edson contou que já procurou o Ministério Público para que isso não aconteça mais com nenhum outro trabalhador e que alguma punição seja dada aos policiais que o abordaram, no qual ele disse conhecer apenas de vista.

"Não tenho nada a ver com os crimes cometidos por meu irmão, eu mesmo já denunciei ele em outra ocasião, somos parecidos mais nem tanto, queria que tivessem agido de outra forma que me pedissem os documentos para mim não ter passado por esse constrangimento". Finalizou Zé Edson.

José Edson registrou o Boletim de Ocorrências de nº 69352 E/2016 na data de 22 de Novembro, às 08h46min do mesmo dia da abordagem.

Fonte: Redação do Tocnoticias

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Comentários (1)

você precisa estar logado para comentar Logar 

24/11/16 - Eliezer  disse:

Muito bem Zé Edson! É um direito seu e dever de todo funcionário público, inclusive policial militar, tratar ao cidadão com respeito e dignidade. Faça valer seus direitos enquanto cidadão de bem.

PUBLICIDADE

Destaque

Novas Lanchonetes da Beira Rio de Tocantinópolis Recebem Cobertura de Piaçava

Foto da notícia

Data: 23/05/2017 18:52:26 - Visualizações: 1315

Após demolição das lanchonetes localizadas parte superior da Beira Rio, a Prefeitura segue com a construção de outros dois novos espaços através de um projeto...

Endereço

Avenida Nossa Senhora de Fátima - 1595, Centro

Contato

(63) 3471-1970, (63) 8119-0520 (Tim), (63) 8441-0195 (oi), (63) 9957-1100 (Vivo) e (63) 9276-6362 (Claro)

Siga-nos

2014 - TocNoticias - Portal de Notícias - Todos direitos reservados...

Administrado por: Roberlan Cokim