Consumo da Carne de Tatu Pode Trazer Problemas à Saúde

Data do post: 23/12/2016 18:14:11 - Visualizações: (12409)    Imprimir

Na busca pela proteção dos animais silvestres que habitam o cerrado, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) solicita à população que encontrar animais nas rodovias ou mesmo em áreas urbanas, que faça a entrega voluntária ao órgão ambiental.

Naturatins-TONo caso específico do tatu, o biólogo da Supervisão da Fauna, da Diretoria de Biodiversidade e Áreas Protegidas, do Naturatins, Tiago Scapini, conta que este ano foi entregue ao órgão, 11 tatus, e em 2015, apenas sete animais. Eles são principalmente tatus das espécies Galinha e China, mas houve um caso de tatu-peba. O biólogo disse que geralmente as pessoas que encontram os animais na estrada ou mesmo no ambiente natural deles, não fazem a entrega voluntária. “Infelizmente essa prática é pouco utilizada, visto que muitos comem a carne desse animal”, ressalta                                                                                                                                                                                           Conforme o biólogo do Naturatins e também supervisor de Gestão da área de Proteção Ambiental (APA) Ilha do Bananal/Cantão, Fábio Gamba, existem estudos científicos que demonstram que algumas espécies de tatus podem carregar e servir de reservatório para algumas doenças. “É o caso do tatu-galinha que pode carregar a paracoccidiodomicose (PCM) ou blastomicose Sul-Americana, causada por um fungo”, relata.

Há demonstrações que indicam que a doença é adquirida pela inalação de partículas infectadas que atingem os pulmões e causam infecção. O biólogo cita também estudos que comprovam a ocorrência de doenças como a hanseníase. “A transmissão destas infecções podem ocorrer pela ingestão da carne de tatus contaminados com os agentes causadores de tais doenças”, revela.

Naturatins-TOA veterinária e supervisora de Fauna, do Naturatins, Grasiela Pacheco, conta que de uma maneira geral, os tatus, são reservatórios naturais de parasitas causadores de enfermidades, como a doença de chagas e a hanseníase. E reforça que sempre que uma pessoa se deparar com um animal silvestre em situação de perigo iminente, deve procurar os órgãos ambientais para proceder o resgate e cuidados necessários.  

O Comandante do Pelotão da Polícia Militar Ambiental (PPMA) de Porto Nacional, capitão Sales, chama a atenção para e entrega voluntária do tatu. “Em virtude de estarmos no período de reprodução, orientamos a população que denuncie a caça, o tráfico e a venda desses animais silvestres”  solicita. O capitão esclarece que a pena para quem for pego com esses animais, é de detenção de seis meses a um ano. E multa de R$ 500,00, por unidade. 

Filhotes

Recentemente um morador de Porto Nacional, foi abordado por um adolescente que queria lhe vender seis filhotes de tatu e a mãe dos animais, já sem vida. Preocupado com a saúde dos filhotes que não teriam a mãe para amamentar, ele comprou os animais.

“Eu paguei R$ 20,00, pelos tatuzinhos. Mesmo sabendo que seria difícil, eles sobreviverem sem a mãe, mas pensei que encontraria na internet uma maneira de alimentá-los. Mas como não encontrei nada. Foi aí que fui até o Pelotão da Polícia Militar Ambiental de Porto Nacional e entreguei os filhotes na expectativa deles sobreviverem”, conta Ailton de Oliveira Dias, funcionário de um jornal local.

“Entretanto, os animais não sobreviveram, pois cada um tinha cerca de 50 gramas e precisavam da mãe para se alimentar”, disse. Neste caso os seis filhotes não resistiram, tendo em vista serem muitos novos, vindo a morrer em pouco espaço de tempo. Conforme o comandante, a mãe e os filhotes foram inutilizados.

Naturatins-TODe acordo com Grasiela Pacheco, filhotes devem ser entregues rapidamente, pois em algumas horas sem a alimentação correta podem levá-los a óbito. “É necessário saber qual é o alimento mais apropriado, qual temperatura e quantidade adequadas, além da frequência”, destaca.

Cerrado

Os tatus são animais bastante peculiares, apresenta o corpo recoberto por uma armadura articulada (carapaça), formada por placas ósseas que estão aderidas a pele. Possuem distribuição geográfica muito ampla, ocorrendo desde os EUA, até a Argentina. Vivem em regiões de savana, cerrado, matas ciliares e florestas secas (caatinga). Das 21 espécies conhecidas, 11 ocorrem no Brasil.

É considerado onívoro, se alimenta de insetos como formigas e cupins, além de outros invertebrados, raízes, folhas e vegetais. Possuem uma grande importância ecológica, pois fazem o controle de formigas e cupins, mantendo o equilíbrio dessas populações. Durante o dia ficam nas tocas descansando e à noite saem em busca de alimentação. As fêmeas podem parir de dois a seis filhotes, que são cuidados pela mãe até um ano de idade, quando se separam para buscar parceiros para reproduzirem novamente.

Fonte: Naturatins-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Prefeito Paulo Gomes Está em Brasília em Busca de Recursos Para Tocantinópolis

Foto da notícia

Data: 22/02/2018 23:10:17 - Visualizações: 77

Notícias Relacionadas

22/02/2018
Mulheres em Campo Acontece no Município de Ponte Alta do Bom Jesus

22/02/2018
Ex-chefe de Residência Rodoviária do Dertins e Uma Empresa São Alvo de Ação do MPE Pela Prática de Improbidade Administrativa

22/02/2018
Ação Conjunta da Polícia Civil do Tocantins e da PM do Distrito Federal Resulta na Prisão de Suspeito de Estupro de Vulnerável

22/02/2018
MPE Ajuíza Ação Para Regularizar Transporte Escolar no Município de Centenário

22/02/2018
'O Campo na Classe Média no Tocantins' no Município de Couto Magalhães

22/02/2018
Corregedoria Geral da Justiça Regulamenta Atuação dos Agentes de Proteção da Infância e Juventude no Tocantins

Todas as Notícias