Carne Estragada que Seria Usada em Merenda Escolar é Apreendida no Marajó

Data do post: 19/04/2017 09:18:12 - Visualizações: (364)    Imprimir

Cerca de 800 quilos de carne estragada estavam sendo levados para escolas municipais de Soure. Dono da mercadoria foi detido.

G1 ParáCerca de 800 quilos de carne bovina foram apreendidos em Soure, na Ilha do Marajó. A carne estragada seria usada na merenda escolar na rede municipal de ensino. A Polícia Civil fez a apreensão após denúncia anônima, e divulgou o balanço da ação nesta terça-feira (18) .

A carne foi encontrada no interior de um caminhão-baú no porto da balsa que faz a travessia do rio Paracauari, entre as cidades de Salvaterra e Soure. Segundo o delegado Rodrigo Amorim, titular da Polícia Civil em Soure, o veículo saiu de Salvaterra com a carga que seria distribuída em escolas de Soure.

O caminhão foi abordado no momento em que desceu da balsa. No veículo, estavam o motorista e o dono da carga, um homem de 42 anos. "Dentro do baú, foram encontrados diversos sacos de carne em estado de decomposição. Após solicitação de documentos necessários para transporte do produto, o dono da carga informou que não estava de posse da documentação", explica o delegado. Assim, foi acionada a Agência de Defesa Agropecuária (Adepará) para averiguar a situação.

O dono da carne foi conduzido para a Delegacia, para ser autuado em flagrante por receptação e depósito de produto inapropriado para consumo de pessoas. Ele vai permanecer recolhido à disposição da Justiça. Os 800 quilos de carne, detalha o delegado, foram incinerados.

O suspeito detido venceu uma licitação aberta pelo município de Soure para contratação de distribuidora de carne bovina para a rede municipal de ensino de Soure. Em depoimento, ele alegou que a carne era procedente de uma fazenda de sua propriedade, mas não disse o nome da empresa fornecedora.

Segundo o delegado, em informações coletadas durante a apuração do caso, a carne tinha como destino a merenda escolar. O produto não apresentava o selo obrigatório de inspeção da Vigilância Sanitária nem autorização da Adepará. A equipe da Agência de Defesa Agropecuária acompanhou todo o trabalho da equipe de policiais civis em Soure. "A médica veterinária do órgão público atestou que a carne estava inapta para consumo", ressalta.

Fonte: G1 Pará

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Polícia Civil de Tocantinópolis Prende Bandidos que Assaltaram Fábrica de Rações

Foto da notícia

Data: 19/09/2017 15:34:09 - Visualizações: 6761

Notícias Relacionadas

31/07/2017
Policiais da Rotam Prendem Foragido e Apreendem Explosivos em Ananindeua (PA)

22/07/2017
Polícia Prende Mulher com Drogas Dentro de Bonecas, em Goianésia (PA)

21/07/2017
Empresário é Assassinado a Tiros Dentro de Carro em Marabá

13/07/2017
Sefa Apreende Carreta com Carga de Roupas Avaliada em R$ 200 Mil no Pará

11/07/2017
Motorista Embriagada Mata Ciclista em Salinas/PA

05/07/2017
Diocese de Marabá Celebra o Jubileu de 25 Anos da Pastoral da Criança

Todas as Notícias