Setas Capacita Entrevistadores do Cadastro Único

Data do post: 20/04/2017 18:18:12 - Visualizações: (291)    Imprimir

O Governo do Estado por meio da Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setas) capacitou, de 17 a 20 de abril, cerca de 90 entrevistadores de diferentes municípios tocantinenses para o preenchimento adequado do Cadastro Único da Assistência Social.

Setas-TOSegundo a coordenadora estadual do Programa Bolsa Família, Carmem Vendramini, o Cadastro é um dos principais instrumentos de gestão da política de Assistência Social porque é através dele que podem ser identificadas as famílias pobres e extremamente pobres do município assim como obter informações sobre condições de moradia, saúde e educação de seus integrantes. Sobre a importância do preenchimento qualificado do formulário ela explica: “Nosso objetivo é capacitar esses profissionais, que em sua maioria, foram recém contratados pelas novas gestões municipais e assim possibilitar um bom preenchimento do cadastro”. Disse a coordenadora.

Para o entrevistador do Cadastro Único de Miracema, Domingos Ubirajara, o treinamento veio na hora certa e comenta: “Fui contratado para essa função há um mês e estava com muitas dúvidas. Mas foram quatro dias de muito aprendizado e agora estou pronto para colocar em prática”. Comemora ele.

O treinamento abordou técnicas de entrevista, a abordagem adequada das famílias, a postura do entrevistador, a importância do Cadastro Único, os programas que o usam como base, entre outras informações.

De acordo com a entrevistadora, Ana Cristina Moreira, de Pindorama, o curso foi uma oportunidade para tirar suas principais dúvidas “Tinha dificuldade com alguns conceitos do formulário, mas o treinamento foi bem prático e consegui solucionar todas as minhas dúvidas”. Declara Ana.

Sobre o Cadastro Único

O Bolsa Família é apenas um dos programas a que a população de baixa renda pode ter acesso ao se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Mais de 30 Programas e Políticas Sociais usam como base para inclusão de beneficiários o Cadastro.

Para se cadastrar, as famílias devem ter renda mensal de até meio salário mínimo (R$ 394) por pessoa. Mais de 27 milhões de famílias estão inscritas no sistema.

O formulário é preenchido nas secretarias municipais de assistência social ou nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). A pessoa responsável pela família deve levar o título de eleitor ou o CPF e um documento de cada membro familiar.

Fonte: Setas-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Polícia Civil de Tocantinópolis Prende Bandidos que Assaltaram Fábrica de Rações

Foto da notícia

Data: 19/09/2017 15:34:09 - Visualizações: 7041

Notícias Relacionadas

20/09/2017
Solicitada Perfuração de Poços Artesianos em Vários Municípios

20/09/2017
Defensoria e MPE Solicitam Disponibilização em Braile das Faturas de Água e Energia

20/09/2017
Cidades Pedem Intervenção do Governo Para Reabertura do Cofinanciamento dos Serviços de Convivência

20/09/2017
Deputados Avaliam Decretação de Estado de Calamidade Pública Contra Queimadas

20/09/2017
Justiça Móvel e Cejusc Conscientizam População Durante a Semana Nacional de Trânsito

20/09/2017
Mais de 200 Pacientes Aguardam na Fila Para Procedimentos Urológicos no Hospital Geral de Palmas

Todas as Notícias