Novo CPC na Teoria e na Prática Para a Defensoria Pública do Tocantins

Data do post: 18/05/2017 18:03:12 - Visualizações: (170)    Imprimir

Mais de 200 pessoas comparecem ao curso sobre Recursos no Novo CPC – Código de Processo Civil nesta quinta-feira, 18, no auditório da sede da DPE-TO – Defensoria Pública do Estado do Tocantins, em Palmas. 

Defensoria Pública-TOA programação é uma iniciativa da Adpeto – Associação dos Defensores Públicos do Estado do Tocantins em parceria com o Cejur – Centro de Estudos Jurídicos. O curso foi dividido em duas etapas (parte teórica pela manhã e parte prática à tarde), ministrado pelo advogado, Misael Montenegro Filho.

“O objetivo desse minicurso aqui na Defensoria Pública do Tocantins foi contribuir para o aprimoramento e reciclagem de conhecimentos”, disse o palestrante que é Membro do IBDP - Instituto Brasileiro de Direito Processual

Na ocasião, o palestrante apresentou um resgate histórico sobre o Código Civil, características detalhadas sobre o novo CPC, inclusive no que se refere aos princípios, requisitos de admissibilidade, tempestividade, contagem de prazos e efeitos. Para ele, o novo CPC representa um marco importante no Direito Civil brasileiro, pois trouxe novas propostas oriundas de diversas instituições da sociedade civil organizada. Participaram da atividade cerca de 60 Defensores Públicos e ainda Servidores da Defensoria e Estagiários.

Na parte da tarde, os participantes fizeram análise de estruturas de peças processuais relevantes com as alterações do novo CPC.

Defensoria Pública-TOSegundo o presidente da Adpeto, defensor público Fabrício Dias Braga de Sousa, o curso foi importante para Membros e Servidores da DPE-TO. “O curso ministrado pelo Dr. Misael foi bastante produtivo, atualizando as principais inovações do Código de Processo Civil de forma objetiva, sempre ilustrando com exemplos práticos. A Adpeto vai fazer convites para novos eventos, objetivando temas específicos, bastante utilizados na prática forense", afirmou o presidente.

Para a coordenadora do Cejur, defensora pública Maria do Carmo Cota, o Código de Processo Civil passou por recentes e diversas alterações. E a capacitação foi uma oportunidade para adquirir novos conhecimentos. “O curso do novo CPC contribuiu para o aprimoramento e reciclagem nos conhecimentos para os profissionais da Defensoria Pública e o palestrante Misael Montenegro Filho trouxe informações importantes e uma metodologia dinâmica”, concluiu a defensora.

Os participantes do curso receberam certificado de oito horas emitido pelo Cejur.

Fonte: Defensoria Pública-TO

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Locutor Fhayne Costa é Acusado de Atropelar e Matar Mulher Grávida, Além de Fugir do Local Sem Prestar Socorro às Vitimas

Foto da notícia

Data: 17/01/2018 01:02:42 - Visualizações: 8241

Notícias Relacionadas

19/01/2018
Justiça Desobriga Pagamento de IPVA Depois de Constatada Cobrança Irregular

19/01/2018
Sine de Gurupi Oferece 31 Vagas Para Armazém de Grande Porte

19/01/2018
Polícia Civil Desvenda Homicídio e Identifica Autor do Crime em Nova Olinda

19/01/2018
Bombeiros Retomam Atividades de Cinoterapia no Infantil Público de Palmas e Busca Novos Animais Para Ampliar Atendimento

19/01/2018
Conselho Comunitário de Segurança (CONSEG) é Efetivado na Região Sul de Palmas

19/01/2018
Amastha Anuncia Entrega de 512 Moradias Populares em Palmas e Convênio de R$ 50 Milhões com Caixa

Todas as Notícias