Limitar Lei da Ficha Limpa Favorece Corrupção, Afirma Márlon Reis

Data do post: 11/11/2017 18:55:43 - Visualizações: (225)    Imprimir

 Para ex-juiz, que foi redator da lei, a proposta articulada na Câmara dos Deputados precisa ser “rechaçada pela sociedade”. “O Congresso Nacional está visivelmente tentando adotar medidas para enfraquecer a Lei da Ficha Limpa e a operação Lava Jato”, destacou.

Ademir dos Anjos/Fieto/ArquivoUm dos principais responsáveis pela criação da Lei da Ficha Limpa, o ex-juiz e advogado tocantinense Márlon Reis, 47, classifica a articulação de congressistas na tentativa de limitar a aplicação da medida de “lamentável”. Essa é mais uma medida que favorece a corrupção e precisa ser rechaçada pela sociedade. O Congresso Nacional está visivelmente tentando adotar medidas para enfraquecer a Lei da Ficha Limpa e a operação Lava Jato”, afirmou.

Para Márlon Reis, a medida beneficia especialmente condenados por abuso de poder e gestores que tiveram as contas reprovadas. “Não queremos políticos assim participando das campanhas”, complementou.

Na Câmara dos Deputados, em Brasília, líderes de diversos partidos se articulam para derrubar decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de aplicar a Lei da Ficha Limpa a políticos condenados por abuso antes de 2010, quando a lei passou a vigorar.

Ademir dos Anjos/Fieto/ArquivoAs siglas que buscam anular a deliberação do Supremo são: PMDB, PT, DEM, PP, PRB, PROS, PSC, SD, Avante e PTB. Eles assinaram requerimento de urgência para a proposta ser incluída na pauta de votação no plenário. "A Lei da Ficha Limpa não institui penas, mas novos critérios para a definição das candidaturas. O STF já decidiu que inelegibilidade não é pena, mas condição. Sendo assim, é importante que os fatos passados sejam alcançados por essa lei tão importante, fruto da mobilização de milhões de brasileiros", disse o advogado.

Fruto de iniciativa popular, a lei que proíbe participação em eleições de candidatos que foram condenados criminalmente por colegiado contou com apoio de 1,6 milhão de assinaturas em todo o país, além de mobilização de diversas entidades e cidadãos. Desde sua aprovação no Congresso, a medida já barrou 1.200 candidatos.

Fonte: Cristiano Machado

ATENÇÃO!

Os comentários do Portal Tocnoticias via Facebook, são de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook. Procure escrever de maneira clara para que todos possam entendê-lo. Evite o uso de palavrões, acusações sem provas, discriminação ou difamação.

Em Destaque

Sede da Diretoria Regional de Ensino de Tocantinópolis Tem o Fornecimento de Eletricidade Suspenso por Falta de Pagamento

Foto da notícia

Data: 16/01/2018 03:01:02 - Visualizações: 71

Notícias Relacionadas

16/01/2018
Presidente da Fieto Participa de Lançamento do REFIS em Palmas

15/01/2018
Justiça do TO Aplica Multa Pessoal ao Secretário Estadual da Saúde por Descaso com Hospital de Araguaçu

14/01/2018
Ex-prefeito de Dianópolis Diz que a Política de Marcelo Miranda é Contratar Cabos Eleitorais Pagos Pelo Governo

13/01/2018
Em visita a Colinas, Dimas é Recebido Pelo Prefeito da Cidade e Vereadores

13/01/2018
Polícia Civil Prende Homem Suspeito de Furtar Energia Elétrica em Palmas

13/01/2018
Tocantins só Mudará Quando Acabar a Bagunça que Domina o Palácio Araguaia, diz Amastha

Todas as Notícias